sexta-feira, 30 de novembro de 2012

A última balada da Macho Time

Héctor "Macho" Camacho / (foto: reprodução)

O Terceiro Tempo também lembrou de Héctor "Macho" Camacho no artigo "A última balada da Macho Time". O site de Milton Neves vem abrindo cada vez mais espaço para a nobre arte e outros esportes de combate.

Para ler o texto na íntegra clique aqui.

Boxe no Bem Estar da TV Globo

Mariana Araújo (esq.) e Thomas Cabrera (dir.) / (foto: reprodução de imagem da TV Globo)

O programa de saúde da TV Globo, Bem Estar, transmitiu hoje matéria sobre boxe da repórter Mariana Araújo, que entrevistou o cubano radicado brasileiro Thomas Henrique Cabrera professor da Runner.

Nos estúdios com os apresentadores Mariana Ferrão e Fernando estiveram os lutadores de MMA Daniel Sarafian e Demian Maia, estes dois alunos de Ivan "Pitú" de Oliveira no boxe, que foi técnico do campeão mundial Valdemir Pereira, o "Sertão".

Para assistir a matéria clique aqui.

Mulheres disputam Macho Camacho até no velório

Héctor "Macho" Camacho / (foto: AP Photo - Alan Diaz)

Até mesmo depois da morte o falecido porto-riquenho tricampeão mundial de boxe Héctor Camacho faz jus ao apelido de "Macho" tanto que em seu velório mulheres brigaram por sua causa.

Conforme a ESPN Deportes, AP e a imprensa de Porto Rico, ontem no segundo dia do velório de Macho Camacho muitas brigas ocorreram pelo lutador morto na última terça-feira, inclusive uma briga de arranhões entre uma que afirma ser a última namorada e outra que aponta ter namorado com ele há muito tempo além de suas irmãs.

"Eu sou a atual namorada de Macho, e aquelas que não gostarem disso é melhor não vir pra cima", diz Cynthia Castillo que afirma ser a namorada até o último momento de Camacho. "Não deveriam estar contra mim, deveriam me agradecer por estar com ele nos últimos tempos".

Castillo deu um beijo na boca do pugilista assassinado durante o velório e foi para a área reservada à família onde ela afirma que seu prato de comida foi atirado ao chão. Ela entrou numa briga com Gloria Fernandez, que afirma ser namorada de Camacho nos últimos 25 anos, e também com as irmãs do falecido Esther e Estrella.

"Eu fui pegar algo para comer porque Machito (o pugilista Héctor Camacho Jr.) me disse que podia e sua ex-namorada (Fernandez) veio e me mandou ir embora", revelou Castillo para a ESPN Deportes, mostrando um arranhão recente em sua clavícula. "Eu disse não, então elas atiraram meu prato, me atacaram e eu me defendi".

Também houve empurrões entre o ex-campeão dos galos Wilfredo Vázquez e Jorge Lozada, que garante ser membro da família Camacho, após Lozada supostamente tentar separar a esposa de Vázquez e a mãe de Camacho, María Matías, que estavam abraçadas.

Por dois dias centenas de pessoas passaram pelo velório realizado em um ginásio com cortinas e tapete negro. O boxeador estava de branco com uma enorme cruz de ouro e um colar com a inscrição "Macho" em letras maiúsculas.

Na quinta-feira o corpo de Camacho foi para Nova York, nos EUA, onde fãs viram a lendar crescer como um grande representante da elite pugilística de origem porto-riquenha. O corpo ainda está sendo velado e será enterrado sábado no Bronx.

Macho Camacho foi alvejado na mandíbula esquerda. A bala fraturou as vértebras cervicais (5 e 6) e se alojou no ombro direito. Ele também teve lesão na carótida que afetou o fluxo de sangue para o cérebro. O amigo, de 49 anos, Mojica Adrian Moreno, morreu no local do crime. A Polícia investiga as câmeras de segurança do estacionamento em busca de pistas.

A vida de "Macho" Camacho é marcada por uma trajetória irregular e tortuosa, experimentou o gosto do ouro ao se tornar campeão mundial, mas é lembrado nos periódicos também por agredir mulheres e o próprio filho. Há 5 anos foi sentenciado à sete anos de reclusão por roubar uma loja de computadores no Mississipi, cumpriu apenas duas semanas e foi libertado.

Um dos personagens mais extravagantes dos esportes, ficou conhecido pelos brasileiros quando suas lutas eram transmitidas pela TV Globo. foi rei dos super-penas pelo Conselho Mundial de Boxe (CMB) entre 1983 e 1984, também dos leves CMB em 1985 e dos meio-médios junior pela Organização Mundial de Boxe em 1989 e 1991.

A rivalidade com Julio César Chávez marcou um grande capítulo na disputa entre Porto Rico e México e o carnavalesco e carismático Macho Camacho superou nomes lendários como Roberto Durán, Greg Haugen, Ray "Boom Boom" Mancini, Vinny Pazienza e Sugar Ray Leonard. Hoje seu filho Héctor Camacho Jr. é pugilista habilidoso e busca alcançar seu cinturão mundial.

Promo Trout vs. Cotto

Vídeo de Showtime Sports

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

"Desabou em lágrimas"

Por Breno Macedo

Binho / (foto: reprodução)

Após 10 rounds de uma luta intensa, o lutador derrotado, Binho de Jesus, antes mesmo de saber do resultado da luta, ainda em cima do ringue, desabou em lágrimas. Era um choro doído, as lágrimas se misturavam com o suor e sua face inchada dos golpes se transformava ainda mais pela expressão do choro. 

O que faz um homem formado, forte, que não tem medo de trocar socos francos, chorar na frente de um público enorme? É justamente a sua hombridade, a sua franqueza, e sensação de que deu seu máximo mas mesmo assim não foi o suficiente.


Todo boxeador é vaidoso, todo boxeador gosta de aparecer, e quando se perde uma luta, não se chora pela dor dos golpes tomados, mas sim pela vergonha de ter fracassado.
Floyd Patterson disse: "O lutador derrotado perde mais do que o orgulho e a luta; perde parte de seu futuro, recua um passo na direção do cortiço de onde havia escapado".
O meu esporte é formado por pessoas incríveis como o Binho, e por pessoas como ele, vai crescer cada vez mais.

*Breno Macedo é ex-pugilista amador, técnico e aluno do curso de História da USP.

Jackson Jr. acaba com Clavero no 2º assalto

Jackson Jr. / (foto: reprodução)

O meio-pesado brasileiro Jackson Jr., 26, nocauteou ontem no 2º assalto o argentino José Alberto Clavero, 37, para defender seu cinturão latino da Organização Mundial de Boxe (OMB) em combate feito no tradicional Baby Barioni, na capital de São Paulo, Brasil.

Com uma defesa mais fechada e calmo, Jackson (13-0-0, 11 KO's) soltou golpes precisos derrubando Clavero (37-10-1, 17 KO's) diante de seu empresário internacional Arthur Pellullo, com seu charuto, que fez a carreira de Acelino "Popó" Freitas no exterior e ainda mantém amizade com o deputado baiano.

Na preliminar, o médio-ligeiro (69,9 kg) paulista Douglas "Bom Menino" Ataíde, 22, mostrou que é um nome em ascensão ao superar nos pontos o aguerrido baiano Carmelito "Binho" de Jesus, 28, com a pontuação de 100-90 triplo após 10 rounds.

Com superioridade técnica e física Douglas (9-0-0, 4 KO's) levou o embate, porém De Jesus (14-4-0, 11 KO's) mostrou-se um cabra retado e buscou o combate com contra-golpes, mas o "Neguinho" do Guarani o minou no fígado e no baço. Com a vitória arrematou o cinturão brasileiro do Conselho Nacional de Boxe (CNB) do cartola Antonio Bernardo Soares que aqui representa a OMB.

Colaborou: A. Gustavo

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

"Passaria com trator por cima da casa"


Touro Moreno / (foto: Rogério Medeiros / Porã)

"O pior foi que a construíram justamente no terreno que eu levei anos para comprar, onde planejava erguer a academia, meu verdadeiro sonho.'' - Touro Moreno

O repórter Milo Kaiser da Folha de S. Paulo conversou com o legendário pugilista Touro Moreno e descobriu que o pai dos irmãos Falcão não gostou totalmente da reforma feita em sua residência pelo programa de Luciano Huck.

Para ler a matéria clique aqui.

"Menos é mais"

Divulgação

Opinião

"Menos é mais" ensina a consultora de moda, jornalista e empresária Gloria Kalil quando avalia estética e etiqueta seja nos programas televisivos ou quando atende ou em seus modos e visual. A mesma frase serve para o boxe, principalmente o brasileiro.

Figuras carnavalescas correm o risco de cair no ridículo. Há exceções como o saudoso Héctor "Macho" Camacho, mas o porto-riquenho possuía habilidade ímpar que o deixava ter tais adereços e comportamentos, o fazendo um verdadeiro showman.

Entretanto, o Brasil pugilístico atual ainda não compreendeu a mensagem da consultora de moda, então o que se vê são cartazes e sites berrantes que antes de transmitir a mensagem das lutas à serem realizadas evitam quaisquer chances de serem levados à sério por grandes empresários que poderiam investir no esporte ou público além dos fãs mais aficionados.

A imagem acima ilustra um exemplo que considero positivo. Sem cores berrantes e montagens amadoras no Paint do Windows. O belo e simples pôster remete aos do passado e informa ao mesmo tempo, o qual é seu principal objetivo.

Infelizmente no Brasil há um "fenômeno" na nobre arte atual que chamo de "nóis quê aparecê". Pugilistas e empresários mais interessados em "estar na mídia" do que realizar com eficácia suas principais obrigações e ainda gritam "você tem que nos arrumar patrocínio" postando fotos vulgares de seminu em seus perfis de redes sociais.

Quando alguém se propõe a algo que está acima de suas capacidades acaba sendo visto como pastiche, principalmente quando fracassa vergonhosamente. "Menos é mais".

domingo, 25 de novembro de 2012

Cerimônia do Dia do Boxe em Brasília


O Deputado Federal Acelino "Popó" Freitas realizará em Brasília no dia 28 na quarta-feira. O evento será em homenagem ao lendário pugilista Éder Jofre que será representado por seu filho Marcel e terá a presença dos medalhistas olímpicos Esquiva e Yamaguchi Falcão, o dirigente Mauro Silva, o empresário internacional Arthur Pellullo e o comentarista da SporTV Daniel Fucs.

Além das homenagens para a memória esportiva nacional será debatido a questão de pugilistas brasileiros que se apresentam no exterior e suas condições assim como os avanços obtidos no esporte amador.

Errata: A presença confirmada é a do presidente da CBBoxe Mauro Silva e não de Luis Cláudio Boselli.

Michael Oliveira nocauteia no 2º assalto

Michael Oliveira / (foto: divulgação)

O médio (72,6 kg) brasileiro-americano Michael Oliveira, 22, bateu por nocaute técnico no 2º assalto na noite de ontem o dominicano Alexander Hernandez em combate realizando em Santo Domingo, na República Dominicana.

É a primeira luta de Oliveira (18-1-0, 13 KO's) desde a derrota por nocaute técnico em junho para o ex-tetracampeão mundial Acelino "Popó" Freitas. Hernandez (11-18-1, 8 KO's) não tem uma vitória desde 2010, portanto pode ser encarado como uma forma de avaliar como o jovem se sentiu ao voltar ao ringue e um degrau em sua escada evolutiva.

Oliveira apontou ao site FightNews que "aquela era minha vez de perder, mas o principal é corrigir os erros e perseverar". Para o pai e empresário do pugilista, Carlos Oliveira em declaração ao mesmo veículo: "Freitas é passado para nós. Michael fará sua próxima luta por um cinturão regional com oponente ainda a ser anunciado".

Fonte: FightNews

Guerrero derrota Berto em batalha no ringue

Andre Berto (esq.) e Robert Guerrero (dir.) / (foto: Big Joe Miranda)

Foi uma verdadeira batalha de bombas disparadas pelas mãos e força de vontade, no final dos 12 assaltos o americano Robert "Fantasma" Guerrero, 29, bateu por pontos o compatriota Andre Berto, 29, ontem no Citizens Business Bank Arena, de Ontario, na Califórnia, nos EUA. O embate teve transmissão para o Brasil pela SporTV.

Guerrero (31-1-1, 18 KO's) foi conseguiu quedas no 1º e 2º round, porém Berto (28-2-0, 22 KO's) se colocou novamente na disputa nos assaltos seguintes com seus uppercuts e potente direita. O 12º assalto teve direito à "tudo ou nada" com vantagem para o Fantasma.

Com a plateia indo à loucura, o árbitro não ouviu o gongo encerrando a contenda e um fiscal da luta teve de encerrar as atividades. As papeletas marcaram triplo 116-110 para Guerrero que com isto manteve o cinturão interino meio-médio (66,7 kg) do Conselho Mundial de Boxe (CMB).

sábado, 24 de novembro de 2012

Ricky Hatton é nocauteado por Senchenko

Ricky Hatton / (foto: Dave Thompson / PA)

Os três anos e meio afastado do quadrilátero influenciaram no nocaute sofrido pelo inglês ex-campeão mundial Ricky "Hitman" Hatton, 34, que caiu no 9º round há poucos instantes após um golpe no fígado desferido pelo ucraniano e também ex-rei Vyacheslav Senchenko, 35, em combate de meio-médios (66,7 kg) no Manchester Arena, de Manchester, condado de Lancashire, na Inglaterra, Reino Unido.

O ex-bicampeão mundial Hatton (45-3-0, 32 KO's) atiçou a torcida ao se apresentar para a luta, um dos atletas mais queridos de seu país, a luta até o golpe derradeiro estava para ele, abriu um corte sobre o olho do ucraniano, mas de repente Senchenko encaixou o gancho de esquerda no fígado e anulou a vantagem das papeletas que davam 78-74 e 77-76 duplo aos 2 minutos e 52 do assalto.

A emoção foi tanta que Ricky Hatton não se conteve e chorou. Ficou afastado do pugilismo por sua dependência de álcool e cocaína, sempre teve problemas com a balança, em seu embate anterior foi nocauteado por Manny Pacquiao no 2º giro.

Hatton viu seu momento de conto-de-fadas desmoronar, porém voltou diante de um adversário de peso e não uma "galinha morta" como fazem tantos pugilista, portanto sua derrota em nada diminui o seu legado.

Errata: Conforme o leitor "Unknown", Hatton foi golpeado no fígado e não no baço.

Héctor "Macho" Camacho sofre parada cardíaca e falece em Porto Rico

Héctor "Macho" Camacho / (foto: reprodução)

Neste sábado o ex-pugilista Héctor "Macho" Camacho faleceu no hospital de San Juan após uma parada cardíaca, então as máquinas que o mantinham vivo foram desconectadas. O lutador foi baleado no rosto na madrugada de terça-feira em um estacionamento em Bayamón, sua cidade natal, e sofreu morte cerebral, a mãe María Matías era favorável ao desligamento dos aparelhos, porém esperou que os netos chegassem para ver o tricampeão da nobre arte.

O filho e hoje lutador Héctor Camacho Jr., 27, era contrário e queria que o pai "lutasse até o fim", as intenções posteriores eram doar os órgãos, entretanto, "não há nada no corpo de Macho Camacho que possa ser doado", declarou o médico Ernesto Torres.

Macho Camacho foi alvejado na mandíbula esquerda. A bala fraturou as vértebras cervicais (5 e 6) e se alojou no ombro direito. Ele também teve lesão na carótida que afetou o fluxo de sangue para o cérebro. O amigo, de 49 anos, Mojica Adrian Moreno, morreu no local do crime. A Polícia investiga as câmeras de segurança do estacionamento em busca de pistas.

A vida de "Macho" Camacho é marcada por uma trajetória irregular e tortuosa, experimentou o gosto do ouro ao se tornar campeão mundial, mas é lembrado nos periódicos também por agredir mulheres e o próprio filho. Há 5 anos foi sentenciado à sete anos de reclusão por roubar uma loja de computadores no Mississipi, cumpriu apenas duas semanas e foi libertado.

Um dos personagens mais extravagantes dos esportes, ficou conhecido pelos brasileiros quando suas lutas eram transmitidas pela TV Globo. foi rei dos super-penas pelo Conselho Mundial de Boxe (CMB) entre 1983 e 1984, também dos leves CMB em 1985 e dos meio-médios junior pela Organização Mundial de Boxe em 1989 e 1991.

A rivalidade com Julio César Chávez marcou um grande capítulo na disputa entre Porto Rico e México e o carnavalesco e carismático Macho Camacho superou nomes lendários como Roberto Durán, Greg Haugen, Ray "Boom Boom" Mancini, Vinny Pazienza e Sugar Ray Leonard. Hoje seu filho Héctor Camacho Jr. é pugilista habilidoso e busca alcançar seu cinturão mundial.

Discurso de Sugar Ray Leonard sobre pedofilia

Vídeo de Sugar Ray Leonard.com

"Eu me sentiria morto se não tivesse a coragem de me erguer e dizer, a coragem de dizer 'é preciso... é preciso', porque nós precisamos fazer com que nossas crianças saibam que é preciso falar destas coisas. 'Quando alguém o toca de forma inapropriada', lhe diga isto. Porque falta comunicação entre pais e filhos, porque em alguns momentos eles se sentem desconfortáveis e quando eles tiverem confiança eles vão falar com mais sobre isto. E não há só uma resposta para este pesadelo. Mas repito, unidos, no coletivo, nos vamos achar um caminho para acabar com isto. Grato".

Com as palavras acima o ex-campeão mundial e olímpico Sugar Ray Leonard, 56, fez seu discurso na Conferência do Estado da Pensilvânia, nos EUA, sobre abuso sexual. O ícone do esporte de luvas revelou em sua autobiografia no ano passado ter sido vítima quando criança de tal mal por parte do seu técnico.

Neste momento Sugar Ray Leonard mostra mais uma vez que é um herói. Usa sua posição na sociedade para expor uma chaga que não só o aflinge, mas que pode estar acontecendo ou ter ocorrido com outras inúmeras pessoas seja em vestiários, escolas ou dentro dos próprios lares.

Alguns podem dizer que ele maculou sua masculinidade ao revelar esta passagem triste, porém de forma alguma concordo com estas vozes. Enquanto alguns lutadores se preocupam mais em aparentar do que ser, Leonard com sua coragem se torna maior que si mesmo, indo além de cinturões e medalhas e doando algo de seu ser para o mundo. Mais do que o lado humano do boxe, o lado honesto da sociedade.

Família dará o último adeus à Héctor "Macho" Camacho neste sábado

Héctor Camacho / (foto: Getty Images)

A mãe de Héctor "Macho" Camacho, 50, planeja que o respirador artificial que mantém o ex-pugilista vivo seja desligado neste sábado para dar tempo de 3 dos quatro filhos dele chegarem a Porto Rico para se despedirem, no local já está Héctor Camacho Jr., também lutador.

Na noite de ontem María Matías declarou que tomou a decisão dos médicos desligarem os aparelhos que mantém o ex-campeão mundial vivo, entretanto Camacho Jr. se opõe a decisão. O pugilista foi baleado no rosto semana passada e tem apenas 3% de seu cérebro funcionando conforme a Escala Glasgow, método de medida que identifica o nível de consciência de vítimas de traumatismo craniano, o que caracteriza morte cerebral.

Familiares e amigos de Macho realizaram ontem uma vigília no hospital na cidade de San Juan onde está o corpo do ex-atleta que é um dos maiores nomes do esporte de seu país. O atentado foi em sua cidade natal, Bayamón.

"A morte, cárcere, drogas, matanças, estas são as ruas" afirmou Camacho Jr. em misto de aviso e lamentação para a imprensa. As irmãs de Camacho querem enterrar seu corpo em Nova York, nos EUA, o ex-pugilista cresceu no bairro do Harlem.

A vida de "Macho" Camacho é marcada por uma trajetória irregular e tortuosa, experimentou o gosto do ouro ao se tornar campeão mundial, mas é lembrado nos periódicos também por agredir mulheres e o próprio filho. Há 5 anos foi sentenciado à sete anos de reclusão por roubar uma loja de computadores no Mississipi, cumpriu apenas duas semanas e foi libertado.

Um dos personagens mais extravagantes dos esportes, ficou conhecido pelos brasileiros quando suas lutas eram transmitidas pela TV Globo. foi rei dos super-penas pelo Conselho Mundial de Boxe (CMB) entre 1983 e 1984, também dos leves CMB em 1985 e dos meio-médios junior pela Organização Mundial de Boxe em 1989 e 1991.

A rivalidade com Julio César Chávez marcou um grande capítulo na disputa entre Porto Rico e México e o carnavalesco e carismático Macho Camacho superou nomes lendários como Roberto Durán, Greg Haugen, Ray "Boom Boom" Mancini, Vinny Pazienza e Sugar Ray Leonard. Hoje seu filho Héctor Camacho Jr. é pugilista habilidoso e busca alcançar seu cinturão mundial.


A situação de Camacho vem sendo sentida por nomes do boxe como o próprio Chávez, o americano Mike Tyson e a atriz Eva Longoria. Nas redes sociais os fãs estão relembrando seus grandes momentos.

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Andre Berto e Robert Guerrero na SporTV

Berto x Guerrero / (foto: cartaz)

Rodada do Fim de Semana

Neste sábado à 0h30 da madrugada de sábado para domingo (horário de Brasília a SporTV transmite o combate de meio-médios (66,7 kg) no qual Robert Guerrero (30-1-1, 18 KO's) dos EUA coloca seu cinturão interino do CMB em jogo contra o compatriota e ex-campeão mundial Andre Berto (28-1-0, 22 KO's).

Na Inglaterra, o ex-bicampeão mundial Ricky Hatton (45-2-0, 32 KO's) retorna aos ringues após se afastar para cuidar de sua dependência química e encara o ucraniano Vyacheslav Senchenko (32-1-0, 21 KO's), também ex-dono de cinturão.

No país de Hugo Chávez, Venezuela, Don King coloca Tavoris Cloud (24-0-0, 19 KO's) dos EUA para defender seu trono dos meio-pesados (79,4 kg) da FIB contra iraquiano radicado alemão Karo Murat (25-1-1, 15 KO's).

No Brasil, o supermédio (76,2 kg) Everaldo Praxedes (10-0-1, 5 KO's) luta no Ginásio Municipal de Vinhedo, no estado de São Paulo. O nome do rival ainda não foi divulgado.

Em São Miguel Paulista, interior de São Paulo haverá uma rodada pugilística. Cristiano Cáceres (4-0-0, 4 KO's) encara Mario Campos Soares (1-6-0, 1 KO's) entre os meio-médios (66,7 kg); nos supermédios Erinaldo Barbosa, o "Mestre Caverna" debuta contra Nei Andrade Lima (19-29-0, 19 KO's) de 46 anos; o cruzador (90,7 kg) Reinaldo Albuquerque de Lima (7-5-0, 5 KO's) peita Alex de Freitas (0-7-0); o pesado Gilberto Matheus Domingos (18-1-0, 16 KO's) enfrentará o "Apocalipse" Kleber Pereira (5-5-0, 4 KO's) e também estão cotadas lutas com o meio-pesado (79,4 kg) Marcelo Tavares e o leve (61,2 kg) Isaias Santos Sampaio.

No domingo é a vez de Pai Lalá e seus caboclos mostrarem seu axé no projeto social Boxe Top com lutas no CEU Zilda Arns, em Osasco, estado de São Paulo. Estarão presentes o leve (61,2 kg) Murilo "Bala" Alves, o super-leve (63,5 kg) Adailton dos Santos, o supermédio Luzimar "Tyson Tigre" Gonzaga, o meio-médio Jack Welson e o meio-pesado Fábio Garrido. Os adversários ainda não tiveram o nome revelado.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Héctor "Macho" Camacho sofre morte cerebral

Héctor "Macho" Camacho / (foto: AP Photo - Alan Diaz)

Héctor "Macho" Camacho sofreu morte cerebral, conforme informou o jornal porto-riquenho El Nuevo Dia que confirmou a informação com Rafael Rodríguez Mercado, diretor do Centro de Ciências Médicas, em San Juan. O lendário ex-pugilista foi baleado na madrugada desta quarta-feira.

"Seria um milagre sua recuperação, medicamente não se pode fazer mais nada", apontou Mercado. Para confirmar a morte cerebral foi realizado um encefalograma. O noticiário divulgou que a atividade cerebral de Camacho é de apenas 3% na Escala Glasgow, método de medida que identifica o nível de consciência de vítimas de traumatismo craniano.

Ernesto Torres, também diretor do centro médico, informou que os médicos e a família avaliam a condição de desligar o aparelho que mantém Camacho vivo, um respirador artificial. A quadro sofreu alta degradação na madrugada e o coração do ex-atleta deixou de bater de forma contínua.

A bala atingiu Camacho na mandíbula, porém seguiu para a cabeça e se alojou no ombro direito. O porto-riquenho fraturou também duas vértebras e caso saísse com vida corria o risco de ficar paralítico, segundo Dr. Torres.

A vida de "Macho" Camacho é marcada por uma trajetória irregular e tortuosa, experimentou o gosto do ouro ao se tornar campeão mundial, mas é lembrado nos periódicos também por agredir mulheres e o próprio filho. Há 5 anos foi sentenciado à sete anos de reclusão por roubar uma loja de computadores no Mississipi, cumpriu apenas duas semanas e foi libertado.

Um dos personagens mais extravagantes dos esportes, ficou conhecido pelos brasileiros quando suas lutas eram transmitidas pela TV Globo. foi rei dos super-penas pelo Conselho Mundial de Boxe (CMB) entre 1983 e 1984, também dos leves CMB em 1985 e dos meio-médios junior pela Organização Mundial de Boxe em 1989 e 1991.

A rivalidade com Julio César Chávez marcou um grande capítulo na disputa entre Porto Rico e México e o carnavalesco e carismático Macho Camacho superou nomes lendários como Roberto Durán e Sugar Ray Leonard. Hoje seu filho Héctor Camacho Jr. é pugilista habilidoso e busca alcançar seu cinturão mundial.

A situação de Camacho vem sendo sentida por nomes do boxe como o próprio Chávez, o americano Mike Tyson e a atriz Eva Longoria. Nas redes sociais os fãs estão relembrando seus grandes momentos.

Jackson Jr. e Douglas Ataíde em ação na terça-feira

Jackson Jr. / (foto: reprodução)

O meio-pesado (79,4 kg) Jackson Jr., 26, e o médio-ligeiro (69,9 kg) Douglas Ataíde, 22, encaram novos desafios na próxima terça-feira no ginásio Baby Barioni, na capital de São Paulo, Brasil.

Jackson Jr. (12-0-0, 10 KO's) defenderá seu trono latino da Organização Mundial de Boxe (OMB) encara Jose Alberto Clavero, 37, (37-9-1, 17 KO's), nº 2 da Argentina conforme o BoxRec, que apesar de ter superado rivais com mais derrotas do que vitórias já esteve nos ringues contra oponentes valorosos e vem duma escola de maior renome que a brasileira.

O campeão por sua vez conta ao seu favor com uma forte pegada que lhe rendeu o apelido de "Demolidor", e já enfrentou adversários portenhos tendo evoluído de sua luta com Ricardo Ramallo para Walter Crücce. Jackson está se adaptando ao grupo do empresário  Eduardo Mello e ao técnico Edson "Xuxa" Nascimento com o qual busca vitórias para a equipe para melhorar a fase atual dos lutadores de Santana do Parnaíba.

Douglas Ataíde (esq.) e Cido (dir.) / (foto: Gabriel Leão)

O jovem "Bom Moço" Ataíde (8-0-0, 4 KO's) representa as cores do Clube Guarany e do técnico José Aparecido da Silva tendo sua carreira administrada pelo grupo M.O Productions do empresário Carlos Oliveira.

O técnico Ataíde vem numa escala gradual tendo batido nomes do cenário nacional como Valdevan Pereira, Jack Welson e Gilberto "Yorubá" Santos. Oliveira evitou que há poucas semanas fosse levado para o Canadá com o intuito de ser feito de escada conforme explicou o comentarista Daniel Fucs em seu blog, atitude louvável.

Do outro lado do ringue estará o baiano Carmelito de Jesus, 28, (14-3-0, 11 KO's) que perdeu suas duas últimas lutas, porém as suas três derrotas foram para pugilistas sul-americanos respeitáveis: Hector David Saldivia, Sidney Siqueira e Claudinei Lacerda, sendo que já superou Adailton dos Santos. Portanto Ataíde tem o nível de dificuldade de seu rival elevado em comparação ao seu último embate. O menino já foi elogiado por Wilson Baldini do Estadão.



24/7 Pacquiao vs. Marquez IV

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Osasco terá lutas e ação social no domingo

Divulgação

No domingo, dia 25/11, o professor de pugilismo Cristiano Carvalho promoverá evento com ações sociais de seu projeto Boxe Top e lutas profissionais na cidade de Osasco, região metropolitana de São Paulo, Brasil e berço do campeão mundial Miguel de Oliveira. As lutas serão realizadas no CEU Zilda Arns.

O Boxe Top surgiu após o filho de Carvalho ser diagnosticado com déficit de atenção e indicado para praticar um esporte individual, o garoto iniciou os treinamentos com o ex-pugilista Clarismundo Silva, o "Clarão". Então com o tempo Carvalho passou a adaptar treinos da modalidade em sua casa como autodidata, aponta que hoje possui CREF, e amigos foram se unindo logo formando um projeto social que hoje conta com o apoio do CEU Zilda Arns que lhe cedeu sua quadra poliesportiva.

Os embates profissionais serão supervisionados pela Associação Nacional de Boxe (ANB) de Adimilson Vasconcelos da Cruz, o "Pai Lalá", e no ringue estarão seus caboclos Idiozan "Chibata" Matos, Luzimar "Tyson Tigre" Gonzaga, Adailton Santos, Fábio Garrido e Jack Welson, além das lutas terá apresentação dos rappers do Raciocínio Negro.

Serviço

Local - Céu Dra. Zilda Arns
Endereço - Rua Theda Figueiredo Rega, nº 155, Jd. Elvira, Osasco, SP
Dia - 25/11
Horário: 13 horas

Aluno de Kelson Pinto estreia com vitória

Kleberson Pereira (esq.) e Davi Eliasquevici (dir.) / (foto: reprodução)

No último sábado o ex-pugilista e técnico Kelson Pinto conduziu seu pupilo Davi Eliasquevici para a vitória sobre o também médio-ligeiro (69,9 kg) Cleberson "Kaverão" Pereira em evento produzido por ele junto com a Fecaboxe que supervisiona a 9ª Etapa do Campeonato Catarinense de Boxe Olímpico 2012, a Copa Contestado Boxe Team.

Eliasquevici venceu Kaverão por pontos após 4 rounds com as papeletas lhe apontando 40-32 (Ari Parrinha, 40-35 (Ivan Silva) e 40-32 (Deniz Silva). Pinto foi quadro respeitado da seleção nacional e já bateu Miguel Cotto como amador e o enfrentou nos profissionais pelo cinturão mundial. Hoje prepara atletas de boxe e MMA em Florianópolis.

1° Combate (Masculino Cadete 54KG)
Caio Sanchis (Florianópolis) RSC 2°RD Cleiton Bandeira (Concórdia)

2° Combate (Feminino Elite 57KG)
Chayani Mendes (Chapecó) 21X19 Chaiane Pimenta (Biguaçu)
3° Combate (Masculino Elite 60KG)
Marcos De Faveri (Videira) 30x28 Leandro Moraes (Imbituba)
4° Combate (Masculino Elite 64KG)
Alessandro Silva (Blumenau) W.O. Matheus Cavalcanti (Caçador) 1° Combate (Masculino Cadete 54KG)
3° Combate (Masculino Elite 60KG)
Marcos De Faveri (Videira) 30x28 Leandro Moraes (Imbituba)
4° Combate (Masculino Elite 64KG)
Alessandro Silva (Blumenau) W.O. Matheus Cavalcanti (Caçador)
5° Combate (Masculino Elite 64KG)
Renivan Revers (Joaçaba) 24x23 Fernando Giacometi (Lages)
6° Combate (Masculino Elite 69KG)
Thiago Sampaio (Florianópolis) 21x19 Anivaldo Jr. (Joinville)
7° Combate (Masculino Juvenil 69KG)
Maicon Gregor (Lages) 21x17 Rony Cunha (Biguaçu)
8° Combate (Masculino Elite 75KG)
Vitor Cardoso (Florianópolis) RSC 3°RD Marcio Pimentel (Caçador)
9° Combate (Masculino Elite 81KG)
Rafael Mendes (Biguaçu) 19x16 Djonata Ventura (Biguaçu)
10° Combate (Masculino Elite +91KG)
André Prudêncio (Biguaçu) 11x8 Thiago Chioca (Concórdia)

"Honra teu pai"

Antonio Carollo (esq.) e Rodrigo Leite (dir.) / (foto: Márcio Bergantin)

A relação entre técnico e pugilista no mundo dos esportes é uma das mais fraternas. No texto "Honra teu pai" no site Terceiro Tempo de Milton Neves a narrativa expõe essa condição pela vivência do boxeador Rodrigo Leite Goubaux e seu falecido mestre Antonio Carollo.

Para ler o texto clique aqui.

Combate de Layla McCarter e Belinda Laracuente é adiado

Layla McCarter / (foto: arquivo pessoal)

Era esperado para o último sábado (17/11) o combate entre as médio-ligeiras (69,9 kg) Layla McCarter, 33, e a porto-riquenha Belinda Laracuente, 33, foi adiado para 15 de dezembro para poder ter cobertura televisiva da ESPN americana.

Conforme Luis Tapia, manager e esposo de McCarter, o caminhão de equipamentos da emissora americana não conseguiu sair de Nova York, que recentemente foi alvo do furacão Sandy, por problemas de clima e o combate teve sua data transferida, mas ainda será em Las Vegas.

McCarter (35-13-5, 8 KO's) é a atual campeão da Associação Mundial de Boxe (AMB) e é considerada a principal pugilista do momento em sua categoria. Laracuente é veterana, com derrotas no cartel, mas oferece riscos. O embate não terá o cinturão em jogo.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Macho Camacho é baleado e está em estado crítico

Hector Camacho / (foto: Noel Vasquez / Getty Images)

O ex-pugilista porto-riquenho Hector "Macho" Camacho, 47, foi baleado em Bayamón, Porto Rico, há poucos momentos e está em estado com risco de morte no hospital Rio de Piedras. O fato se deu às 19 horas do horário local e a pessoa que o acompanhava faleceu instantaneamente.

Camacho está com o rosto e pescoço feridos. O incidente se deu na área Residencial Jardines de Cataño após uma perseguição, a polícia ainda não conhece o motivo do crime.

Hector "Macho" Camacho / (foto: reprodução)

Fonte: Deportes Univision

The Rise and Fall of Jack Johnson - Unforgivable Blackness

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Após o incêndio

Divulgação

O torneio Super Six da Showtime foi um dos principais eventos de entretenimento na indústria do boxe nos últimos tempos, a ideia de colocar de colocar seis dos melhores supermédios (76,2 kg) mundiais instigou o meio e somado a isto o evento contou com apoio financeiro em produções espetaculares.

A competição separada por chaves foi de 2009 à 2011, na primeira fase os 6 se enfrentariam para definir quem iria para as semifinais e posteriormente as finais. De início entraram os americanos Andre Ward, Jermain Taylor e Andre Dirrell, o dinamarquês Mikkel Kessler, o armênio Arthur Abraham e o britânico Carl Froch. Uma ausência sentida foi a do romeno Lucian Bute.

Durante esta jornada os seis passaram por revelações em suas carreiras. Andre Ward, campeão olímpico meio-pesado em Atenas 2004, venceu o torneio e unificou o trono do Conselho Mundial de Boxe (CMB) com o super cinturão da Associação Mundial de Boxe (AMB) além de ter sido apontado como o melhor lutador do ano passado pela Ring Magazine e pela Associação de Cronistas de Boxe da América. Sua última vitória se deu com larga vantagem sobre o compatriota "Bad" Chad Dawson.

O "Cobra" da Inglaterra, Carl Froch entrou com o cinturão do CMB, o perdeu para Kessler, recuperou o mesmo quando vago com vitória sobre Abraham, porém o perdeu na final para Ward. Este ano bateu o romeno Bute e lhe tirou a coroa da Federação Internacional de Boxe (FIB) tendo a defendido no último final de semana diante do americano Yusaf Mack. Agora quer Ward, Kessler, Bute ou o canadense Adonis Stevenson.

"King" Arthur Abraham deixou a categoria dos médios e foi para os supermédios em busca de novos desafios e glórias. Deu uma surra em Jermain Taylor o mandando para o hospital. No segundo embate acabou acertando  Dirrell no chão e foi desclassificado no 11º assalto. Nas semifinais peitou Ward, mas perdeu por pontos e não avançou no torneio. Este ano teve duas vitórias consecutivas que o levaram a disputar o cinturão da Organização  Mundial de Boxe (OMB) e tirou o mesmo das mãos do alemão Robert Stieglitz.

Para o ex-campeão Taylor foi um início de períodos difíceis. O nocaute sofrido para Abraham em outubro de 2009, o deixou sem memória do ocorrido no ringue só voltou ao tablado mais de dois anos depois contra um oponente de nível inferior. Fez mais duas lutas sendo que o último nocauteou no 2º assalto.

Logo na primeira luta, o "Guerreiro Viking" Kessler viu seu trono da AMB ir para Ward, a luta foi interrompida devido cortes no rosto do europeu, frutos de cabeçadas acidentais. O resultado foi para as papeletas. No segundo confronto se superou e afastou as dúvidas se continuaria em sua carreira batendo o britânico Carl Froch lhe impondo sua primeira derrota e obtendo seu cetro do CMB, em combate parelho. A lesão o fez deixar o torneio em 2010, mas após cirurgia voltou no ano seguinte e obteve duas vitórias, uma sobre o americano Allan Green.

Andre Dirrell foi colega de quarta de Ward nos Jogos Olímpicos de Atenas, onde obteve a medalha de bronze pelos médios. Assim como na Grécia não voou tão alto quanto o amigo. No primeiro combate perdeu por decisão dividida para Froch, depois foi vítima de golpe baixo de Abraham, vencendo o embate por desclassificação. Fez o armênio-alemão sofrer sua primeira queda quando o acertou no 4º assalto, porém escorregou no 11º e ficou inconsciente tremendo no solo após um golpe no queixo enquanto estava se levantando. Precisou sair do torneio após avaliações neurológicas e seu último combate foi em dezembro do ano passado quando bateu o compatriota Darryl Cunningham.

O americano Allan Green entrou para substituir Taylor e perdeu na sua entrada para Ward nos pontos. Depois foi nocauteado no 8º assalto pelo jamaicano Glen Johnson que entrara na posição de Kessler deixando a competição. Sua última atuação no ringue foi uma vitória sobre o canadense Renan St. Juste no início deste mês.

O veterano Glen Johnson da Jamaica entrou no lugar de Kessler. A vitória sobre Green o conduziu à semifinal do torneio onde foi superado por Carl Froch por decisão majoritária, quando dois jurados escolhem um e o terceiro aponta empate. Depois foi superado por Lucian Bute e pelo polonês Andrzej Fonfara, revezes que o conduziram à aposentadoria aos 43 anos. Ex-campeão dos meio-pesados e supermédios foi tido como melhor pugilista de 2004 pela Ring Magazine.

O futuro aponta para Ward como possível rei independente de peso. O médio argentino Sergio "Maravilla" Martínez faz uma verdadeira corrida contra o tempo aos 37 anos e sem a estrutura dos grandes países da nobre arte. O americano Floyd Mayweather Jr. e o filipino Manny Pacquiao não se enfrentam e seu ápice pode estar passando. Entretanto, Ward não possui o carisma dos três.

Froch cresceu com a vitória sobre Bute tirando do romeno a aura de imbatível, assumiu que tem pouco tempo de carreira após a conquista do final de semana e mira revanches e encontros com os principais nomes.

O armênio Abraham deixou no passado a atuação no SuperSix e pode reencontrar num futuro próximo os colegas para tira-teimas agora que possui mais experiência na categoria. Kessler ressurgiu e ainda quer provar que é jogo.

Dirrell, Taylor e Green foram os que mais tiveram suas carreiras afetadas pelas derrotas. O 1º por não se apresentar este ano deixa curiosidades sobre seu desempenho, já Taylor e Green não alcançaram mais o mesmo nível de antes.

Neste tabuleiro chegam jogadores novos como o haitiano-canadense Adonis Stevenson, o sul-africano Thomas Oosthuizen e o "Fantasma" Kelly Pavlik que voltou após batalhar contra o alcoolismo e suas derrotas passadas, o irlandês Brian Magee, o alemão Stieglitz, o camaronês e melhor participante do The Contender Sakio Bika e outros com fome querendo o tesouro maior com sua coroa, grandes eventos e nome eternizado no Hall da Fama.

O trunfo do Super Six foi colocar "o melhor contra o melhor", para definir quem é o macho-alfa da categoria. Algo em falta no boxe contemporâneo e que se mostrou capaz de incendiar os fãs. Poderia ser feito em mais categorias.

domingo, 18 de novembro de 2012

"El Chocolatito" González vence Estrada e mantém cinturão mosca-ligeiro

Román González (esq.) e Juan Estrada (dir.) / (foto: Zanfer Promotions)

O nicaraguense Román "El Chocolatito" González, 25, manteve sua coroa dos mosca-ligeiros da Associação Mundial de Boxe (AMB) com vitória por pontos sobre Juan Francisco "El Gallo" Estrada, 22, do México, na noite de ontem no Sports Arena, de Los Angeles, Califórnia, nos EUA.

González (34-0-0, 28 KO's) levou com a vantagem das papeletas de duplo 116-112 e 118-110 por cima de Estrada (21-2-0, 18 KO's) no combate que foi preliminar de Brian Viloria e Hernán Marquez e pode ser o próximo desafiante ao cinturão peso mosca da Organização Mundial de Boxe (OMB) em posse de Viloria.

Fonte: FightNews

Viloria bate Marquéz e unifica coroas dos moscas

Brian Viloria (esq.) e Hernán Marquez (dir.) / (foto: Zanfer Promotions)

O peso mosca havaiano e campeão pela Organização Mundial de Boxe (OMB) Brian Viloria, 31, bateu por nocaute técnico no 10º giro o mexicano Hernán Marquez, 24, então dono da coroa da Associação Mundial de Boxe (AMB), e unificou os cinturões na noite de ontem no Sports Arena, de Los Angeles, Califórnia, nos EUA.

Viloria (32-3-0, 19 KO's) enviou Marquez (33-3-0, 25 KO's) ao solo com uma direita no final do 1º assalto, e o dominou até o 4º assalto. No 5º o mexicano veio agressivo, mas foi devolvido ao chão. No 10º round o campeão colocou mais uma vez o rival no chão e o córner de Marquez interrompeu a contenda com um minuto de um segundo da passagem.

Fonte: FightNews

Broner arrepia DeMarco

Adrien Broner (esq.) e Antonio DeMarco (dir.) / (foto: Tom Hogan / HoganPhotos / Golden Boy Promotions)

O americano Adrien "O Problema" Broner, 23, deu uma surra no mexicano Antonio DeMarco, 26, e lhe tirou o cinturão mundial peso leve (61,2 kg) do Conselho Mundial de Boxe (CMB) ontem no Boarwalk Hall de Atlantic City, New Jersey, nos EUA.

Broner (25-0-0, 21 KO's) foi muito rápido no ringue e colocou DeMarco (28-3-1, 21 KO's) fora do jogo com um nocaute técnico com 1 minutos e 49 segundos do 8º round. O árbitro interrompeu ao ver o campeão na lona sem chances de continuar

Na preliminar de pesos pesados o americano Seth "Mayhem" Mitchell, 30, foi alvo de avassalador nocaute no 2º assalto em cortesia do compatriota Johnathon Banks, 30, que também é o treinador do campeão mundial unificado (AMB, OMB e FIB) da categoria Wladimir Klitschko.

Banks (29-1-1, 19 KO's) enviou Mitchell (25-1-1, 19 KO's) à lona três vezes no 2º round e a luta foi encerrada com 2 minutos e 37 segundos. Com a vitória ficou com o título NABO do oponente e abocanhou o então vago cinturão Internacional do Conselho Mundial de Boxe (CMB). A vitória veio após a morte de seu mentor, Emanuel Steward.

Fonte: FightNews

Froch dá sarrafo em Mack

Carl Froch (esq.) e Yusaf Mack (dir.) / (foto: Press Association / AP Images)

O britânico Carl "O Cobra" Froch, 35, manteve ontem seu cinturão supermédio (76,2 kg) da Federação Internacional de Boxe (FIB) com um nocaute no 3º assalto sobre o americano Yusaf Mack, 32, no Capital FM Arena da cidade de Nottingham, no condado de Nottinghamshire, na Inglaterra.

Froch (30-2-0, 22 KO's) primeiro enviou Mack (31-5-2, 17 KO's) ao solo logo no primeiro round e manteve o pleno domínio do combate até colocar o rival na lona definitivamente com 2 minutos e 30 segundos da 3ª passagem.


"Eu não ganhei todas as minhas lutas, mas toda vez que estou entre essas cordas eu não faço feio. Eu perco por pontuação apertada, mas posso encarar (Mikkel) Kessler e (Andre) Ward, eu sei que posso", declarou Froch para a BBC, o pugilista quer ter revanches com ambos, enquanto seu empresário cogita também o romeno Lucian Bute que pode requisitar a revanche, enquanto o canadense Adonis Stevenson é o desafiante oficial.

"Eu não fico me gabando como outros pugilistas britânicos que se creem super-estrelas. Estou no meu ápice e estou pronto para qualquer um e provei isto contra os adversários que lutei. Apenas preciso de 12 semanas de preparação", garante Cobra Froch.

"Estou numa fase de minha carreira em que não posso perder tempo. Não vou fazer nada estúpido de pular fases, mas creio que estarei pronto para lutar novamente em fevereiro ou março", acredita o campeão. Mack sofreu para baixar de categoria e até hoje de suas 5 derrotas, 4 foram para campeões do mundo.


Na preliminar o meio-pesado (79,4 kg) britânico Tony Bellew, 29, bateu por decisão unânime dos jurados o argentino Roberto Bolonti, 33, e ficou com o cinturão de prata do Conselho Mundial de Boxe (CMB). Bellew (19-1-0, 12 KO's) conseguiu quedas no 1º e 3º round, mas um gancho de esquerda de Bolonti (30-2-0, 19 KO's) lhe abriu profundo corte sobre o olho direito. O inglês teve as papeletas de duplo 120-106 e 119-107.

sábado, 17 de novembro de 2012

All Access: Cotto vs. Trout - 1º episódio

Vídeo de Showtime Sports

No dia 1º de dezembro o porto-riquenho ex-campeão mundial Miguel Cotto, 32, desafia o americano Austin Trout, 27, pelo cinturão dos médio-ligeiros (69,9 kg) da Associação Mundial de Boxe (AMB) no tradicional Madison Square Garden, na cidade de Nova York, no estado homônimo, nos EUA.

Trout (25-0-0, 14 KO's) vem invicto e tem em Cotto (37-3-0, 30 KO's) o maior desafio de sua carreira. O americano caso vença firma seu nome no panorama mundial do boxe, porém se a mão estendida for do porto-riquenho, o latino mostrará mais uma vez que pertence à elite do esporte de luvas.

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Rodada do fim de semana

Divulgação

O "Cobra" britânico Carl Froch (29-2-0, 21 KO's) defenderá sábado seu cinturão dos supermédios (76,2 kg) da Federação Internacional de Boxe (FIB) contra Yusaf Mack (31-4-2, 17 KO's) dos EUA na Capital FM Arena, de Nottingham, no condado de Nottinghamshire, na Inglaterra.

Na preliminar o meio-pesado (79,4 kg) britânico Tony Bellew (18-1-0, 12 KO's) luta com o argentino Roberto Bolonti (30-1-0, 19 KO's) pelo vago cinturão de prata do Conselho Mundial de Boxe (CMB).

O "super" campeão peso mosca (50,8 kg) da Associação Mundial de Boxe (AMB), o mexicano "Tyson" Hernán Marquéz (34-2-0, 25 KO's) e o rei da Organização Mundial de Boxe, o americano Brian Viloria (31-3-0, 18 KO's) colocam a cara e os títulos em jogo na unificação promovida na Sports Arena, de Los Angeles, Califórnia, nos EUA.

"El Chocolatito" Román González (33-0-0, 28 KO's) da Nicarágua coloca sua cinta dos mosca-ligeiros (49kg) da AMB frente ao mexicano Juan Francisco Estrada (22-1-0, 18 KO's) na preliminar de Marquéz e Viloria.

O mexicano peso leve (61,2 kg) Antonio DeMarco (28-2-1, 21 KO's) coloca em jogo sua coroa do CMB contra o americano Adrien Broner (24-0-0, 20 KO's) que subiu de peso em combate no Boardwalk Hall, em Atlantic City, estado de New Jersey, nos EUA.

O pesado americano Seth Mitchell (25-0-1, 19 KO's) encara o conterrâneo Johnathon Banks (28-1-1, 18 KO's) na preliminar de Broner e DeMarco com o cinturão Internacional CMB em jogo e em semifinal da eliminatória para definir o desafiante do campeão da entidade, o ucraniano Vitali Klitschko.

No Edgewater Casino, na cidade de Laughlin, em Nevada, nos EUA, a super leve (63,5 kg) Layla McCarter (35-13-5, 8 KO's) dos EUA encara a porto-riquenha Belinda Laracuente (26-27-3, 9 KO's), entretanto o embate não será válido pelo cinturão médio-ligeiro (69,9 kg) feminino da AMB em posse da americana.

A argentina Erica Anabella Farias (14-0-0, 8 KO's) defenderá o cinturão dos leves (61,2 kg) do CMB no Parque Náutico do município de San Fernando, província de Buenos Aires, na Argentina, contra a compatriota Victoria Noelia Bustos (6-0-0).

III Copa ID de Boxe é adiada para dezembro

Sidney Siqueira / (foto: divulgação)

Para preservar a saúde do boxeador profissional Sidney Siqueira, 35, a organização da III Copa ID de Boxe - Equipe Juan Diaz transfere a data de sua realização de dia 24 deste mês para 15 de dezembro. O evento será na própria ID Academia, na capital de São Paulo, Brasil.

Siqueira (19-7-1, 10 KO's) sofreu violento nocaute no último dia 9 em seu combate nos EUA diante do local Terence Crawford, a luta foi transmitida ao Brasil. O atleta pernambucano radicado em São Paulo garante estar bem.

A organização do evento aponta que a mudança se dá pelo ocorrido semana passada e "assim ele pode lutar em nosso evento com segurança", tal medida é pouco vista no boxe nacional no qual muitos se apresentam apenas com exames anuais correndo risco de lesões graves e até mesmo morte. O adversário de Siqueira ainda será definido.

Com esta escolha a ID Academia, Juan Diaz e Sidney Siqueira mostram que reuniões de pugilismo podem ser feitas de forma regular. O evento contará com a presença do técnico do boxeador Messias Gomes e integrará seus pupilos do Centro Olímpico com os do argentino Diaz da ID academia.

Data do evento: 15/12/12 (sábado)

Horário: 17 horas

Local: ID Academia 
Alameda dos Maracatins, 1313, Moema, São Paulo - SP

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Vídeo: Sidney Siqueira x Terence Crawford - 09/11/2011


2012-11-10 Terence Crawford vs Sidney Siqueira por sweetboxing6


No último sábado (09/11) o brasileiro peso leve (61,2 kg) Sidney Siqueira, 35, se apresentou contra o americano Terence Crawford, 25, e sofreu um avassalador nocaute no 6º giro nas mãos do americano tombando de olhos fechados, o árbitro nem abriu contagem e declarou o fim do embate.

Sidney (19-7-1, 10 KO's) foi convocado para lutar com um mês e meio de antecedência pelo match-maker Patrick Nascimento e teve em seu córner Edson "Xuxa" Nascimento. Em São Paulo treina no Centro Olímpico com Messias Gomes.

Reconhecido por seus pares pelo esforço, o pernambucano não goza de condições para disputar de igual com atletas do exterior como Crawford (19-0-0, 15 KO's) que é um prospecto da Top Rank. O pugilista agora deve passar por um período de repouso evitando combates locais e principalmente fora do solo brasileiro para preservar sua saúde.

domingo, 11 de novembro de 2012

Daiane Ribeiro vence no Soledad Macedo no Uruguai

Daiane Ribeiro / (foto: reprodução)

Uma notícia inesperada, em meio ao crescente número de brasileiros que perdem no exterior, o Córner do Leão foi avisado que a gaúcha Daiane Ribeiro, 22, venceu a uruguaia Soledad Macedo, 29, na sexta-feira, no Club Círculo Sportivo, em Salto, no Uruguai, na última sexta-feira (09/11).

A vitória foi em por decisão unânime em 4 rounds com as papeletas apontando Ribeiro (4-4-1, 2 KO's) por 40-37, 40-36 e 39-37 sobre Macedo (11-8-1, 4 KO's) em combate de super-moscas. A pugilista é empresariada pelo lutador e manager Eduardo "Hitman" Milder e o match-maker foi o dirigente-empresário-manager Adimilson Vasconcelos da Cruz, o "Pai Lalá".

Fonte: 10 Minutos

Via Ederson Ed

Mares mantém cinturão lutando sujo contra Moreno

Anselmo Moreno (esq.) e Abner Mares (dir.) / (foto: reprodução)

O mexicano Abner Mares, 26, manteve o cetro supergalo do Conselho Mundial de Boxe (CMB) com vitória sobre o panamenho Anselmo Moreno, 27, em luta movimentada de ontem no Staples Center, de Los Angeles, Califórnia, nos EUA.

Mares (25-0-1, 14 KO's) fez pressão sobre o ex-campeão mundial Moreno (33-2-1, 12 KO's) e o derrubou no final do 5º round com um cruzado de direita, porém foi muito faltoso com golpes abaixo da linha da cintura e na nuca.

Apesar do jogo sujo, Moreno que foi penalizado por puxar a cabeça de Mares enquanto no clinch. As papeletas deram duplo 116-110 para Mares e o discrepante 120-106.

Fonte: FightNews

Leo Santa Cruz mantém coroa dos galos da FIB

Leo Santa Cruz / (foto: Josh Hedges / Getty Images)

O mexicano Leo Santa Cruz, 24, manteve ontem o cinturão dos galos (53,5 kg) da Federação Internacional de Boxe (FIB) diante do compatriota Victor Zaleta com um nocaute técnico no 9º assalto no Staples Center, de Los Angeles, Califórnia, nos EUA em preliminar de Abner Mares e Anselmo Moreno.

Santa Cruz (22-0-1, 13 KO's) primeiro derrubou o rival cno 4º giro com um gancho de esquerda e depois com outro gancho de esquerda, porém desta vez mais plástico, seguido de um upper de esquerda derrubou o rival no 7º giro.

Zaleta apesar das pancadas fortes não desistia do combate até que um direto o pegou de jeito e o plantou na lona fazendo o árbitro interromper o embate.

Fonte: FightNews

Cleverly mantém título sobre rival não ranqueado

Nathan Cleverly / (foto: Lee Smith / Action Images)

Flawless Victory em rival de menor nível

Na noite de ontem o britânico Nathan Cleverly, 25, ateu o americano não ranqueado Shawn Hawk, 28, para manter seu cinturão dos meio-pesados (79,4 kg) da Organização Mundial de Boxe (OMB) em preliminar de Abner Mares e Anselmo Moreno no Staples Center, de Los Angeles, Califórnia, nos EUA.

Cleverly (25-0-0, 12 KO's) manteve a invencibilidade e o cinturão contra um adversário não ranqueado, Hawk (22-3-1, 16 KO's), o nocauteando no 8º round. Foi mel na chupeta e o inglês fez um sparring. Levou o americano duas vezes ao solo no 7º giro e mais duas no round posterior. Na última o árbitro Tony Crebs encerrou a contenda. Se fosse o game Mortal Kombat o locutor falaria até "Flawless Victory!".

O britânico aponta que quer enfrentar no ano que vem em seu país, o veterano ex-campeão mundial Bernard Hopkins. Por outro lado quem está em sua captura é Marcus Vinícius de Oliveira, o "Ratinho", brasileiro ranqueado da OMB.

Fonte: Guardian UK

Oosthuizen segue vencendo entre os supermédios

Thomas Oosthuizen / (foto: reprodução)

O sul-africano Thomas "Tommy Gun" Oosthuizen, 24, segue em sua escalada rumo ao topo dos super-médios (76,2 kg) obtendo ontem vitória por pontos sobre o colombiano Fulgencio Zuniga, 35, no Emperor's Palace em Gauteng, África do Sul.

Oosthuizen (21-0-1, 13 KO's) dominou Zuniga (25-6-1, 22 KO's) que já foi desafiante ao trono mundial. As papeletas deram 120-108 e 119-109 duplo. A luta foi defesa da coroa da Organização Internacional de Boxe, entidade menor, em posse do africano.

Fonte: FightNews

St. John perde cinturão para rival substituta

Mia St. John / (foto: reprodução)

Mia St. John, 45, dos EUA perdeu o cinturão médio-ligeiro (69,9 kg) do Conselho Mundial de Boxe (CMB) para Tiffany Junot, 33, em luta na cidade de Bakersfield, na Califórnia, nos EUA, a desafiante teve apenas duas semanas para se preparar.

A oponente original, Molly McConnell, lesionou o joelho, então Junot (10-3-1, 6 KO's) entrou em cena e colocou toda sua agressividade contra John (47-12-2, 18 KO's), uma das pioneiras do boxe feminino profissional, as papeletas apontaram duplo 96-94 e 98-94.


Reveco mantém coroa interina sobre Rivera

Juan Carlos Reveco / (foto: reprodução)

O argentino Juan Carlos Reveco, 29, manteve o cinturão interino mosca (50,8 kg) da Associação Mundial de Boxe (AMB) com vitória por decisão unânime nos pontos sobre Julián Rivera do México, o embate se deu ontem no Polideportivo Municipal, na cidade de Malargüe, na província de Mendoza, na Argentina.

Reveco (29-1-0, 16 KO's) fez a maior parte da luta com um corte sobre o olho direito, mas que não o retardou. Minou o abdômen do rival e os jurados lhe deram 120-106,5 e 120-107 duplo.

Fonte: Fight News

Martirosyan e Lara termina em empate técnico

Erislandy Lara (esq.) e Vanes Martirosyan (dir.) / (foto: Chris Cozzone)

Em eliminatória para definir o desafiante ao cinturão médio-ligeiro (69,9 kg) do Conselho Mundial de Boxe (CMB), o cubano Erislandy "O Ouro de Guantánamo" Lara, 29, e o armênio Vanes "O Pesadelo" Martirosyan, 26, tiveram um empate técnico após 9 assaltos na noite de ontem no Lafite Ballroom do Wynn Resort, de Las Vegas, Nevada, nos EUA.

Martirosyan (32-0-1, 20 KO's) estava bem, mas Lara começou a dar as cartas na mesa. Um choque de cabeças aos 26 segundos do 9º assalto deixou Martirosyan com um corte profundo sobre o olho esquerdo e o combate foi decidido nas papeletas. Martirosyan teve 86-85, Lara ficou com 87-84, e a terceira empatou eles em 86-86. O vencedor desafiaria o mexicano Saúl "Canelo" Álvarez.

O combate teve transmissão ao Brasil pela SporTV.

Fonte: FightNews 

Sidney Siqueira não resiste potência de Crawford

Sidney Siqueira / (foto: divulgação)

O peso leve (61,2 kg) brasileiro Sidney Siqueira, 35, sofreu duro nocaute técnico ontem nas mãos do americano Terence Crawford, 25, em luta transmitida em tape pela SporTV e realizada no Wynn Resort, Las Vegas, Nevada, nos EUA como preliminar de Martirosyan e Lara.

Com um combo de jab, direto de direita e gancho de esquerda  na cabeça de Siqueira (19-7-1, 10 KO's) que afundou no ringue de olhos fechados durante o 6º assalto levando o árbitro Robert Byrd a encerrar a contagem para atendimento o embate com 2 minutos e 47 segundos da etapa e a vitória ficou para Crawford (19-0-0, 15 KO's).

O pernambucano radicado paulista Siqueira foi conduzido por Patrick "Xuxinha" Nascimento e acompanhado pelo pai do agente e técnico Edson "Xuxa" Nascimento que esteve no córner. Em São Paulo Siqueira treina com Messias Gomes no Centro Olímpico.

Em outubro Siqueira era esperado para se apresentar no Canadá por intermédio do agente argentino Patricio Retondaro, porém não foi. No meio do mesmo mês sua atuação nos EUA foi divulgada.

Helenius bate Williams na Finlândia



Os olhos deixaram perceber que o sueco-finlandês Robert Helenius, 28, estava ansioso para seu retorno aos ringues após quase um ano, porém o veterano americano Sherman Williams apenas o ameaço no 6º assalto. O europeu venceu o embate de pesos pesados por pontos realizado ontem no Ice Hall, de Hensinque, na Finlândia.

O "Pesadelo Nórdico" Helenius (18-0-0, 11 KO's) usou sua envergadura maior colocando jabs e combos. Williams (35-12-2, 19 KO's) teve bom momento quando aplicou duro direto de direita balançando o viking, mas o jovem foi frio e não mostrou-se intimidado.

O americano por sua vez não entregou o jogo, perdeu por nocaute apenas uma vez, e se manteve buscando o embate. Helenius foi inteligente e evitou se expor levando por decisão unânime com as papeletas de 99-91, 98-93 e 99-93.

Fonte: FightNews

W. Klitschko domina Wach e mantém coroas AMB, OMB e FIB

Mariusz Wach (esq.) e Wladimir Klitschko (dir.) / (foto: Gero Breloer / AP)

O controle esteve nas mãos do "Dr. Martelo de Aço" Wladimir Klitschko, 36, da Ucrânia que manteve o "super" cinturão da Associação Mundial de Boxe (AMB) e as coroas regulares da Organização Mundial de Boxe (OMB) e Federação Internacional de Boxe (FIB), ontem com vitória sobre o  polonês Mariusz Wach, 32, na O2 World Arena, na cidade de Halle, estado de Hamburgo, na Alemanha.

Foi a primeira vez que Klitschko (59-3-0, 51 KO's) subiu ao ringue sem o técnico americano Emanuel Steward, falecido recentemente. O ucraniano jogou com jabs e direitos, sua rotina, porém suficiente para encerrar as esperanças de Wach (27-1-0, 15 KO's), porém o desafiante ao menos abalou o campeão no 5º assalto com um forte direto de direita, porém não capitalizou no movimento.

Klitschko luta como um robô, pode não ser criativo, mas é metódico e pega pesado e o árbitro Eddie Cotton esteve próximo de paralisar o embate na segunda parte, porém no final pareceu faltar "pilha" para o automato ucraniano e o ritmo foi reduzido. 120-107 duplo e 119-109 deram as papeletas para Klitschko.

O evento teve na plateia o astro hollywoodiano Sylvester Stallone que nos cinemas criou e interpretou Rocky Balboa e desenvolveu o reality show The Contender.


Life-Sport.Org | Владимир Кличко - Мариуш Вах /... por Resident_Resa

C. John faz 17º defesa de cinturão com vitória sobre Piriyapinyo

Chonlatarn Piriyapinyo (esq.) e Chris John (dir.) / (foto: reprodução)

Mais técnico e calmo, o indonésio Chris John, 33, fez na sexta-feira sua 17ª defesa do super cinturão pena (57,1 kg) da Associação Mundial de Boxe (AMB) ao bater por pontos o tailandês Chonlatarn Piriyapinyo, 27, no Marina Bay Sands Hotel, em Cingapura.

Com maior habilidade, John (48-0-2, 22 KO's) colocou os golpes no corpo na primeira parte do combate. Piriyapinyo (44-1-0, 27 KO's) acelerou no restante do combate e também investiu contra o tronco do rival tendo sido superior nos 6º, 7º e 8º giro.

Porém, o embate voltou a ser dominado pelo campeão que jogou à distância. No último round eles partiram para o "tudo ou nada" e o público viu golpes fortes deslocando cabeças e corpos. As papeletas deram John por 119-109 duplo e 117-111.

Fonte: FightNews

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Rodada do fim de semana



SporTV terá Martirosyan x Lara e ESPN Brasil fica com Klitschko x Wach


Hoje o brasileiro Anderson "Pantera" Clayton (39-7-0, 34 KO's) busca o cinturão médio-ligeiro (69,9 kg) da Organização Mundial de Boxe (OMB) em posse do argentino Javier Francisco Maciel (23-2-0, 16 KO's) no país do rival, na província de Buenos Aires. O match-maker de Pantera é Patrick "Xuxinha" Nascimento.

Em Cingapura, no Marina Bay Sands Hotel, o indonésio Chris John (48-0-2, 22 KO's) fez mais uma defesa do seu "Super" cinturão dos penas (57,2 kg) com uma vitória sobre o tailandês Chonlatarn Piriyapinyo (44-1-0, 27 KO's).

No sábado o argentino Juan Carlos Reveco (28-1-0, 16 KO's) defende seu trono interino peso mosca (50,8 kg) da AMB diante do mexicano Julian Rivera (13-6-0, 2 KO's) no Polideportivo Municipal, da cidade de Malargüe, província de Mendoza, na Argentina.

A ex-campeã mundial Yesica Marcos (20-0-1, 7 KO's) continua sua volta da aposentadoria agora contra a conterrânea Paula Andrea Morales (6-8-2) pelos penas na preliminar de Reveco e Rivera.

No Ice Hall, de Helsinque, na Finlândia, o "Pesadelo Noruguês" Robert Helenius (17-0-0, 11 KO's) encara o veterano americano Sherman Williams (35-11-2, 19 KO's) em sua busca pela elite da categoria máxima.

O campeão peso pesado da Federação Internacional de Boxe (FIB), Organização Mundial de Boxe (OMB) e Super campeão AMB, Wladimir Klitschko (58-3-0, 50 KO's) da Ucrânia aceita o desafio do polonês Mariusz Wach (27-0-0, 15 KO's). O embate será na O2 World Arena, na cidade de Altona, estado de Hamburgo, Alemanha. O encontro terá transmissão ao Brasil às 18h30 do sábado pela ESPN Brasil.

Javier Maciel (esq.) e Anderson "Pantera" Clayton (dir.) / (foto: reprodução)

Brasil será representado por Pantera e Sidney Siqueira

O cinturão interino mosca-ligeiro (49 kg) feminino da AMB estará em jogo no Estadio Morelos, na cidade mexicana de Ecatepec, pela local Jessica Chávez (15-3-2, 4 KO's) e a tailandesa Kanittha Kokietgym (17-4-0, 6 KO's).

No Palácio do Imperador, na cidade de Kempton Park, Gauteng, África do sul, o supermédio (76,2 kg) Thomas Oosthuizen (20-0-1, 13 KO's) encara o colombiano Fulgencio Zuniga (25-5-1, 22 KO's).

No Staples Center, em Los Angeles, na Califórnia o britânico Nathan Cleverly (24-0-0, 11 KO's) defende sua coroa da OMB dos meio-pesados (79,4 kg) contra o americano Shawn Hawk (23-2-1, 17 KO's). Quem tem o inglês em sua mira são os brasileiros Marcus Vinícius de Oliveira e Jackson Jr.

No mesmo evento o mexicano Abner Mares (24-0-1, 13 KO's) coloca sua coroa supergalo (55,3 kg) do CMB em jogo contra o panamenho Anselmo Moreno (33-1-1, 12 KO's).

A veterana Mia St. John (47-11-2, 18  KO's) defende a coroa médio-ligeiro do CMB diante de Tiffany Junot (9-3-1, 6 KO's) que foi adquirida com sua vitória sobre a também pioneira Christy Martin que se aposentou. O encontro será em Bakersfield, Califórnia, nos EUA.

Com transmissão pela SporTV à 0h30 de domingo (horário de Brasília) o armenio Vanes Martirosyan (32-0-0, 20 KO's) e o cubano Erislandy Lara (17-1-1, 11 KO's) se encaram em eliminatória para definir o desafiante ao cinturão dos médio-ligeiros do CMB. O encontro será no Wynn Resort, em Las Vegas, Nevada, nos EUA.

Na mesma rodada o brasileiro Sidney Siqueira (19-6-1, 10 KO's) lutará entre os leves (61,2 kg) contra o americano invicto Terence Crawford (18-0-0, 14 KO's), o brasileiro está com o técnico Edson "Xuxa" em Las Vegas e foi conduzido por Patrick "Xuxinha" Nascimento.



quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Filhos de Ted Boy Marino buscam manter memória do pai viva

Ted Boy Marino / (foto: divulgação)

No final de setembro o Brasil perdeu Ted Boy Marino, um dos últimos mocinhos da cultura nacional e maior representante do telecatch no Brasil que teve nos anos 1960 seu auge. Os filhos buscam manter seu legado vivo nomeando um ponto turístico no Rio com seu nome, erguendo um busto no local e lançando um documentário que produzem há 3 anos sem ajuda do setor privado ou público.

Para ler mais sobre esta nova luta de Ted Boy Marino e seu clã clique aqui e vá para o site Terceiro Tempo de Milton Neves.

Para saber mais sobre a petição para nomear o "Caminho dos Pescadores" homenageando a lenda dos ringues clique aqui.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Carmen Basilio falece e deixa legado no boxe

Gen. Douglas McCarthur, Angelo Dundee, Carmen Basilio e Ernest Hemingway após a vitória sobre Sugar Ray Robinson em 1957 / (foto: Boxing Legends of All Time)

Hoje o mundo se despediu do lendário pugilista Carmen Basilio, o pugilista tinha 85 anos e foi campeão dos meio-médios e dos médios e apesar de alcançar o olimpo esportivo jamais esqueceu de sua origem humilde de agricultor numa fazenda de cultivo de cebolas em Canastota, Nova York, nos EUA.

Nascido em 2 de abril de 1927, entrou para o pugilismo profissional em 1948, 5 anos depois após superar Lew Jerkins, Ike Williams e Billy Graham disputou seu primeiro cinturão mundial, derrubou Kid Gavilan no segundo assalto, mas o campeão se recuperou e manteve o trono dos meio-médios com o resultado de decisão dividida após 15 assaltos.

Em 1955, Basilio teve sua segunda oportunidade pela coroa dos meio-médios contra Tony DeMarco e após árdua trocação de golpes, o ex-fazendeiro faturou o prêmio máximo depois de 12 rounds com um nocaute técnico. Em novembro da mesma temporada foi a revanche, Basilio sofreu duros golpes no 7º assalto, mas virou a luta e venceu novamente por nocaute técnico, mas dessa vez o embate foi 2 segundos mais longo.

Basilio se despediu de sua coroa após uma má atuação de 15 rounds diante de Johnny Saxton no ano seguinte, mas a recuperou em setembro do mesmo ciclo com nocaute técnico no 9º giro. No ano seguinte nocauteou o mesmo rival  no 2º round no tira-teima.

Com um nocaute no 4º assalto em cima de Harold Jones desafiou o campeão dos médios Sugar Ray Robinson e no dia 23 de setembro de 1957, mesmo pesando menos, com menor estatura e alcance superou o americano considerado o melhor de todos os tempos por muitos cronistas.

Foi a luta da vida do menino de Canastota que apesar de sair com um corte profundo sobre sua sobrancelha esquerda aguentou os trancos de Sugar Ray e com seu gancho de esquerda na mandíbula, seu melhor golpe,  obteve a vantagem para colocar o campeão nas cordas com dois socos no 11º round.

As mãos de Basilio foram erguidas, depois ele próprio pelo General Douglas McArthur, o treinador Angelo Dundee e o escritor Ernest Hemingway neste momento guardado na foto acima os olhos de Basilio são os daquele que viu as estrelas.

O rosto do campeão levava mais pontos que uma colcha de retalhos, eram as marcas das batalhas épicas vividas, pois em todas ele se jogava sem medo dos desafios, num período que pugilistas queriam enfrentar os melhores para confirmar sua dominância no habitat. 

Sugar Ray Robinson retomou a coroa em 1958 após 15 rounds deixando o olho esquerdo de Basilio fechado, mas das 198 lutas de Sugar Ray só 19 homens o derrotaram e Carmen Basilio cravou seu nome entre eles assim como sua entrada no Hall da Fama e o tricampeonato mundial tendo ao todo 56 vitórias, 27 por nocaute, 16 derrotas e 7 empates, ele é de uma era quando os pugilistas eram os maiores astros esportivos.