domingo, 30 de setembro de 2012

Valdevan Pereira bate Nivaldo Vasconcelos no 3º round

Valdevan Pereira / (foto: divulgação)


O baiano radicado paulista Valdevan Pereira, 30, bateu com um nocaute no 3º assalto o conterrâneo também residente em São Paulo Nivaldo "Timba" Vasconcelos, 28, em combate realizado hoje em  Francisco Morato, interior paulista, Brasil.

Timba (0-2-0 KO's) foi eliminado com um uppercut na terceira passagem, é a segunda derrota, na estreia sofreu nocaute técnico no 3º round. O combate foi entre os pesos médios (72,6 kg) e Valdevan (7-5-0, 6 KO's) manteve sua coroa nacional da Liga Paulista de Boxe, entidade não vinculada com a Confederação Brasileira de Boxe (CBBoxe), mas reconhecida pelas leis nacionais.

"Me sinto como uma pequena formiga fazendo a diferença em meu território", declara Valdevan sobre suas ações apontando que pretende continuá-las. Em paralelo se mantém como instrutor de pugilismo.

O grande mérito de Valdevan é promover o evento com seus próprio recursos com o intuito de doar brinquedos para crianças carentes, como o mesmo já foi um dia. Falta-lhe recursos e apoio de dirigentes para ações maiores dado que o mesmo já teve trabalho destacado na TV Gazeta de São Paulo. "É como se eu tivesse vários filhos", finaliza o boxeador.

Com informações de Liga Paulista de Boxe.

Errata: O rival de Valdevan Pereira foi Nivaldo Vasconcelos e não Joilson de Morais como informado anteriormente.


Juliano Ramos vence com nocaute no 1º assalto

Juliano Ramos (esq.) e Darli Gonçalves Pires (dir.) / (foto: Liga Sorocabana de Boxe)

O superleve (63,5 kg) Juliano Ramos, 32, bateu por nocaute no primeiro assalto Darli Gonçalves Pires, 34, originalmente peso meio-médio (66,7 kg), em defesa de seu cinturão brasileiro da Associação Nacional de Boxe (ANB). O embate foi na Academia Runner de Sorocaba, no interior de São Paulo, Brasil.

Ramos (20-5-0, 17 KO's) despachou Darli Pires (20-17-1, 11 KO's) com um direto no queixo com apenas um minuto e 59 segundos de luta. O pugilista residente em sorocaba obteve sua 4ª vitória consecutiva pela via rápida sendo duas no 2º assalto e agora outras duas no 1º. Ao avaliar seu currículo é perceptível que tem pegada.

Para Pires é a quarta derrota consecutiva antes do final do 3º assalto. Teve vitórias em sua carreira, mas logo em sua 3 luta foi para a Argentina perdendo por nocaute técnico no 3º round em 2005. Seu passaporte já foi carimbado na França, Espanha e Reino Unido e em suas 16 derrotas apenas uma não foi pela via rápida.

Juliano Ramos é um atleta respeitado no meio, teve bom início quando foi lutar nos EUA, mas como explicou em entrevista ao Córner do Leão, os jogos de bastidores somados à falta de apoio o impossibilitaram de alcançar seu potencial completo.

Desde seu regresso ano passado Ramos não teve rivais de seu nível, teve pugilistas que gostam de lutar como Rodolfo Franz, mas que não são seus pares. Caso a Liga Sorocabana de Boxe disponha de recursos o embate contra o campeão interino da ANB, Eduardo "Hitman" Milder do Rio Grande do Sul seria interessante.

Outro possíveis rivais seriam Adailton dos Santos, Raphael Mactavisch, Joaquim Carneiro, Evandro "Japa" Cavalheiro e até mesmo o popular Claudinei "Casca" Lacerda - este após temporada de repouso e exames médicos feitos -. O retorno de Ramos ao Brasil foi bom para saber como reagiria após os treinos com o professor Vladimir Godoy, porém diante destes nomes ganharia atenção da América do Sul ainda mais por já contar com uma equipe que valoriza seu trabalho.

Layla McCarter tira cinturão médio-ligeiro AMB de Noni Tenge

Layla McCarter / (foto: divulgação)

A americana Layla McCarter, 33, venceu hoje a sul-africana Noni Tenge, 30, ficando com o então vago cinturão médio-ligeiro (69,9 kg) da Associação Mundial de Boxe (AMB) com um nocaute no 8º round no Alexandre Golf and Club de East London, na província de Eastern Cape, no país da ex-campeã.

McCarter (35-13-0, 8 KO's) com isto obtém mais um cinturão na sua carreira e o 2º por uma das quatro tradicionais entidades do esporte - AMB, Federação Internacional de Boxe (FIB), Conselho Mundial de Boxe (CMB) e Organização Mundial de Boxe (OMB) -.

A americana também com o nocaute quebra a invencibilidade de Tenge (11-1-0, 9 KO's), ex-campeã dos meio-médios (66,7 kg) pela Federação Internacional de Boxe (FIB) e que subiu de categoria.

Rodriguez e Darchinyan vencem nos EUA

Edwin Rodriguez (esq.) e Jason Estrada (dir.) / (foto: Emily Harney)

Ontem na luta principal do MGM Grand Theatre at Foxwoods Resort and Casino em Mashantucket, Connecticut, nos EUA, o supermédio (76,2 kg) americano Edwin "La Bomba" Rodriguez, 27, tirou a invencibilidade do compatriota Jason Escalera, 27.

Rodriguez (22-0-0, 15 KO's) dominou o embate e aos 12 segundos do 8º round disparou três socos não respondidos por Escalera (13-1-1, 12 KO's) que sem condições foi poupado pelo árbitro Steve Smoger que interrompeu o embate declarando nocaute técnico. Antes já tinha quase ido à lona três rounds, mas foi salvo pelo gongo.

O ex-tricampeão mundial Vic Darchinyan, 36, foi amplamente superior à Luis Orlando Del Valle, 25, usando seu estilo não convencional e de golpes fortes além de desviar dos socos do rival esperando o momento de contra-atacar.

O armênio Darchinyan (38-5-0, 27 KO's) ficou à frente do porto-riquenho Del Valle (16-1-0, 11 KO's) por duplo 99-91 e 96-94. Com isto obteve o cinturão regional NABF (Federação Norte-Americana de Boxe) supergalo (55,3 kg).

Fonte: FightNews


Edwin Estrada x Jason Escalera



2012-09-29 Edwin Rodriguez vs Jason Escalera por sweetboxing3
Vídeo de HBO


Vic Darchinyan x Luis Orlando Del Valle



2012-09-29 Luis Orlando Del Valle vs Vic... por sweetboxing3
Vídeo da HBO

sábado, 29 de setembro de 2012

Povetkin detona Rahman no 2º round

Hasim Rahman (esq.) e Alexander Povetkin (dir.) - AP Photo - Gero Breloer


Em luta desigual o campeão "regular" da Associação Mundial de Boxe (AMB) Alexander Povetkin, 33, bateu por nocaute técnico o americano e desafiante obrigatório Hasim Rahman, 39, na noite de hoxe no Alsterdorf Sporthalle de Hamburgo na Alemanha.

Povetkin (25-0-0, 17 KO's) balançou Rahman (50-8-2, 41 KO's) e o golpeou até o árbitro Gustavo Padilla assinalar o desfecho com 1 minuto e 46 segundos da etapa. "A Rocha" americana praticamente não esteve no embate e se apresentou com sobrepeso se comparar o passado do ex-campeão.

O campeão europeu Kubrat "O Cobra" Pulev, 31, conquistou sólido nocaute técnico no 11º round sobre o até então invincto gigante russo de 2,02m Alexander Ustinov, 35, na preliminar. Pulev (17-0-0, 9 KO's) dominou a maior parte das ações, porém Ustinov (27-1-0, 21 KO's) teve bons momentos. O desfecho veio com 1 minuto e 28 segundos do assalto.

Fonte: FightNews



Vídeo de Sport HD

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Eder Jofre - "Quebrando a Cara"


Vídeo de SP Filmes

"Quebrando a Cara é um filme em 16mm, colorido, com 75 minutos de duração, que conta, em forma de documentário, a história de Eder Jofre, duas vezes campeão mundial de boxe.

Mais do que isso, Quebrando a Cara é a saga da família Zumbano-Jofre pelos ringues de São Paulo, cidade que surge através da cada personagem, como se ela mesma fosse um deles, e, certamente, não o menos importante".

Dirigido em 1986 por Ugo Giorgetti. - Sinopse extraída do site da produtora SP Filmes.

Pôster de Quebrando a Cara / (foto: divulgação)

Capturado ex-namorado de Namús que suspeito de liberar o vídeo de sexo na internet

Chris Namús / (foto: Juanjo Vazquez)

O ex-namorado de Chris Namús foi detido nesta tarde segundo a rede Telemundo. Conforme fontes policiais o suspeito será conduzido amanhã ante um juiz. Ele é considerado o possível responsável de ter liberado na internet o vídeo em que ambos aparecem fazendo sexo.

Mais cedo foi emitida uma ordem de captura para o ex-namorado pelo juíz Eduardo Pereyra que acompanha a investigação feita após denúncia de Namús. O rapaz aparece nas filmagens, porém não se apresentou à justiça de espontânea vontade.

Raúl Oxandabarat, porta voz, da Suprema Corte do Uruguai declarou à versão digital do jornal El Pais "ele tem que declarar porque é a pessoa que aparece no vídeo e também é o primeiro suspeito de ter disponibilizado na rede". "Uma vez que o juíz intervir, as declarações feitas na Polícia serão replicadas no tribunal".

O pugilista amador supostamente subiu o vídeo ontem por telefone e havia se comprometido a se explicar conforme o advogado de Namús, Alejandro Balbi explicou ao El Pais.

"Havia dito que se apresentaria hoje pela manhã", apontou Balbi mais cedo. "Sua obrigação era se apresentar, se não o fez, é lógico que se emita uma ordem de captura". Para impedir a disseminação do material Namús e Balbi procuraram o departamento de Combate ao Crime Organizado e a agência internacional Interpol.

O vídeo foi postado em um portal pornográfico holandês, porém o servidor pelo qual o vídeo foi subido está fisicamente nos EUA, as forças em atividade tentam localizar o IP neste momento, o que apontará o equipamento de onde saiu, mas não determina exatamente quem emitiu o vídeo.

Esta nota não terá comentários permitidos no blog dada a gravidade do tema.

Fonte: El Pais Digital

Ricky Hatton volta dia 24 de novembro contra Vyacheslav Senchenko

Ricky Hatton / (foto: reprodução)

O britânico ex-campeão mundial Ricky "The Hitman" Hatton, 33, fará seu aguardado retorno aos ringues após três anos fora diante do ucraniano Vyacheslav Senchenko, 35, no dia 24 de novembro na Manchester Arena, na cidade de Manchester em Lancashire, Inglaterra, no Reino Unido.

O embate entre Hatton (45-2-0, 32 KO's) e Senchenko (32-1-0, 21 KO's) será de 10 assaltos. O britânico é ex-campeão meio médio e também foi dono do cetro dos superleves, enquanto seu rival foi rei também entre os meio-médios.

Em abril do ano passado, Senchenko foi nocauteado em casa no 9º round por Paulie "Magic Man" Malignaggi, rival já superado por Hatton que por sua vez fez seu último combate em 2009 e foi nocaute avassalador no 2º assalto para o filipino Manny Pacquiao.

"Eu mal posso esperar para entrar no ringue agora e tenho certeza de que Vyacheslav Senchenko me dará uma boa luta", apontou o inglês para a imprensa. Com esta escolha de rival aponta que quer voltar sem esperar "moleza" do outro lado do ringue.

Hatton em seu afastamento foi flagrado consumindo cocaína, se internou numa clínica de reabilitação. Esteve durante este tempo trabalhando como promotor de lutas. Recentemente era visto treinando e entrando em forma o que levantou suspeitas de seu retorno até confirmá-lo neste mês.

Fonte: Agência Estado - Diário do Grande ABC

Bopp supera Miranda por nocaute técnico

Marisol Miranda (esq.) e Yésica Bopp (dir.) / (foto: José Perez - PR Best)

A argentina Yésica "La Tuti" Bopp, 28, bateu ontem por nocaute técnico no 7º assalto Marisol Miranda, 38, americana de ascendência porto-riquenha no Hotel San Juan, em Isla Verde, Porto Rico. A portenha defendeu seu cinturão da Organização Mundial de Boxe (OMB) peso mosca-ligeiro.

Bopp (22-0-0, 10 KO's) venceu com um minuto e 22 segundos do 7º giro quando o árbitro interrompeu o embate devido à um corte sobre o olho esquerdo de Miranda (5-5-0, 1 KO). A argentina mostrou que está com seu jogo afiado. O site de boxe latino NotiFight definiu o embate como "sem equivalências".

Com a interrupção, Miranda começou a chorar, os olhos estavam vermelhos de lágrimas, roxos pelas pancadas e o sangue escorria em sua cara. Bopp então mostrou que não é só dona de cinturão, mas também uma dama ao ir até a rival, abraça-la e conduzi-la até o centro do ringue erguendo sua mão. Foi a cena mais bonita do encontro das duas.

Fontes: FightNews e NotiFight



Vídeo TyC Sports

Rodada do final de semana

Hasim Rahman (esq.) e Alexander Povetkin (dir.) / (foto: divulgação)

No final de semana o principal embate se dá amanhã na Alemanha entre o campeão "regular" da Associação Mundial de Boxe (AMB) Alexander Povetkin (24-0-0, 16 KO's) da Rússia e o desafiante americano Hasim Rahman (50-7-2, 41 KO's), o encontro será no Sporthalle de Alsterdorf, no estado de Hamburgo.

Na preliminar de Povetkin e Rahman, o búlgaro Kubrat "O Cobra" Pulev (16-0-0, 8 KO's) encara o russo Alexander Ustinov (27-0-0, 21 KO's) em eliminatória que define o desafiante nº1 ao cinturão da Federação Internacional de Boxe (FIB) em posse do ucraniano campeão unificado Wladimir Klitschko.

Também na Alemanha, mas no Westfalenhalle de Dortmund, no estado de Renânia do Norte-Vestfália, a local Goda Dailydaite (7-0-0, 2 KO's), campeã interina dos penas pela WIBF (Federação Internacional de Boxe Feminino) e World Boxing Federation (WBF - Federação Mundial de Boxe) - ambas ligas de menor porte - defende seus tronos diante da bósnia Irma Balijagic Adler (12-2-0, 5 KO's).

O ex-campeão supermosca, e agora peso galo Vic Darchinyan (37-5-1, 27 KO's) da Armênia busca reencontrar o ouro, mas terá no meio do caminho o invicto porto-riquenho Luis Orlando Del Valle (16-0-0, 11 KO's), no MGM Grand at Foxwoods Resort, em Mashantucket, no estado de Connecticut, nos EUA.

O brasileiro Juliano Ramos (19-5-0, 16 KO's) lutará na Academia Runner de Sorocaba, São Paulo, no Brasil defendendo seu cinturão brasileiro superleve da Associação Nacional de Boxe (ANB) diante de Darli Gonçalves Pires (20-16-1, 11 KO's) que das quatro lutas que efetuou este ano perdeu três, sendo que de todas suas derrotas só uma não foi pela via rápida. Eduardo "Hitman" Milder do Rio Grande do Sul, o qual obteve o cinto interino ao bater Evandro "Japa" Cavalheiro. Juliano Ramos faria sua segunda defesa de cinturão.

No domingo a americana Layla McCarter (34-13-5, 7 KO's) vai para a África do Sul peitar a local Noni Tenge (11-0-1, 9 KO's) em busca do cinturão vago dos médio-ligeiros da AMB. O encontro será no Alexandre Golf and Country Club de East London, na província do Cabo Oriental.

Layla McCarter (esq.) e Noni Tenge (dir.) / (foto: arquivo pessoal)
 

Sergio Martínez é entrevistado no programa Punto Pelota



Vídeo de Punto Pelota

O bicampeão mundial dos médios (72,6 kg) Sergio "Maravilla" Martínez, 37, da Argentina participou do programa de entrevistas de seu país Punto Pelota. O pugilista fala de sua vida na Espanha, o amor pelo futebol, a conquista do título sobre Julio César Chávez Jr. e desafia o americano Floyd Mayweather.

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Chris Namús denuncia ex-namorado por divulgar vídeo na internet em que fazem sexo

Chris Namús / (foto: divulgação)


A pugilista uruguaia Chris Namús, 24, apresentou hoje denúncia contra seu ex-namorado por divulgar vídeo no qual aparecem praticando sexo.

Enquanto registrava queixa, o vídeo de Namús, conhecida como "Bombom Assassino", foi disseminado pelas redes sociais de seu país, como acontece quando celebridades tem sua vida privada exposta.

Seu advogado, Alejandro Balbi, aponta que as autoridades buscam o homem que está no vídeo com a atleta e também responsável pela gravação. Balbi declarou que o vídeo foi divulgado "supostamente em represália" depois que o casal discutira semana passada, o relacionamento já estava acabado.

 Em 2008 obteve o cinturão juvenil da Federação Mundial de Boxe Profissional - entidade pequena - na categoria dos superleves (63,5 kg), o ápice da nobre arte em seu país. Fez nome nas duas batalhas contra a argentina Fernanda Alegre - a última foi considerada vencedora por parte da imprensa portenha -. Nos bastidores é lembrada pela ruptura com seus representantes, que a processaram em US$ 300 mil.

Ano passado teve o momento mais baixo de sua carreira. Enfrentou em Montevidéu a espanhola Loly Muñoz pelo título dos superleves e os jurados lhe definiram como vencedora apesar da evidente superioridade da europeia e das intervenções do árbitro Aníbal Andrade a protegendo. A Federação Uruguaia anulou o combate depois que a imprensa e os torcedores considerassem o resultado uma farsa. Até o Ministério de Esportes se posicionou contra o resultado.

Dois meses depois as boxeadoras voltaram a enfrentar-se com árbitros estrangeiros que deram o triunfo a Namús de forma muito apertada após um duríssimo combate. Neste momento ela passou por seu ponto de ruptura como boxeadora que a levou a crescer e enfrentar Alegre.

Pouco depois, a ''Bombom Assassino'' anunciou sua aposentadoria do boxe por falta de apoio das autoridades e em solidariedade a seu representante, Sebastián Revetria, que também deixou o esporte.

No entanto, essa aposentadoria não durou muito e logo voltou a lutar na Argentina, Uruguai e Brasil fazendo suas duas batalhas contra a argentina dona da cinta da Organização Mundial de Boxe (OMB). O próximo combate será em dezembro contra a brasileira Michelle Bonassoli e conta com promoção de Revetria.

Fonte: Terra

Luta de Isaac Rodrigues é cancelada

Isaac Rodrigues (esq.) e Ulysses Pereira (dir.) / (foto: arquivo pessoal)

"O atleta Isaac Rodrigues terá sua luta cancelada em função de o seu adversário ter sofrido uma lesão que o impossibilitou de lutar. A Academia Ulysses Pereira D Silva lamenta o ocorrido e agradece a compreensão do todos", com este comunicado de Facebook o pugilista paraense Isaac Rodrigues e seu técnico Ulysses Pereira anunciam o cancelamento do combate que seria dia 29 em Belém do Pará, Brasil.

Rodrigues (17-2-0, 13 KO's) preparava seu regresso aos ringues após carreira no exterior agora visando o cinturão latino dos médios (72,6 kg) da Organização Mundial de Boxe (OMB), mas antes teria como rival Alexandre Souza (0-6-0), que nunca ganhou um combate e conforme o Boxrec estava sem lutar desde 2008.

O paraense é um dos nomes de respeito no cenário atual brasileiro mesmo vindo de duas derrotas. Em 2010 superou o americano Brian Vera, ex-participante da 3ª temporada do reality show americano The Contender. Ao se unir ao seu treinador e tio novamente visa voos maiores no exterior.

Com a morte de Ted Boy o Brasil perde sua infância

Éder Jofre (esq.), Pelé (centro) e Ted Boy Marino (dir.) / (foto: Ídolos dos Esportes)
 
 
 
Seu nome não era mais gritado há anos, era um senhor de idade já, o telecatch se perdeu no país como também o boxe. Ted Boy Marino faleceu hoje , era o mocinho das lutas de telecatch nas décadas de 1960 e 1970. Um carisma e populariedade que o colocava junto dos ídolos Éder Jofre, Pelé e Maria Esther Bueno, mesmo seu esporte não sendo competitivo, mas uma coreografia para entreter.
 
O encantamento acontecia quando atirava seu corpo ao ar projetando suas pernas contra o peito ou cabeça do adversário, era a "tesoura voadora", o rival caia como se tivesse levado um tiro à queima roupa. O espetáculo era de cenas plásticas e a maioria do público brasileiro acreditava que era verdade, um primo circense e alegre do vale-tudo onde os golpes eram para valer.
 
O Brasil viva um período mais romântico e o grande público identificava com facilidade os mocinhos dos bandidos, Ted Boy, na verdade Mario Marino,  nasceu na Calábria, Itália, pequeno foi para Argentina e então veio ao Brasil. Participou de programas de televisão em seu auge como os Trapalhões e até fez filmes, loiro de corpo atlético era o galã das matinês.
 
Atualmente a linha moral que define vilões e bandidos está mais tênue, há muitos anti-heróis, vilões e figuras controversas, mas poucos mocinhos genuínos nos ringues de boxe e telecath ou mesmo nos octógonos de MMA e sobra marketing. Com o falecimento de Ted Boy hoje na mesa de cirurgia, uma geração de brasileiros não perdeu só um de seus "bonzinhos", mas deu adeus para aquela lembrança de quem um dia poderia vir outro herói.
 
Ted Boy Marino / (foto: reprodução)
 
 
 
 
 


Rogério Gerardi anuncia aposentadoria

Fotomontagem: Rogério Gerardi
 
 
Rogério Gerardi, o "Jason Voorhees", 41 do boxe publicou a mensagem acima em seu perfil de Facebook às 12 horas de hoje (horário de Brasília) se despedindo da nobre arte:
 
"Quero fazer um comunicado a todos meus amigos do Facebook, Twitter e outros. Estou anunciando minha saída definitivamente do boxe profissional devido inúmeras lesões, falta de apoio e boicote de dirigentes.
 
Aos 41 anos decido pendurar as luvas. Desde 1985 procuro uma oportunidade e agora que a tenho, não tenho saúde para continuar, não vido do boxe. Tenho apoio da minha família, alunos e amigos. Faço das palavras do apóstolo Paulo as minhas: 'Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé', Timotéo 2:4".
 
Uma jornada de superação
 
Gerardi sofreu um grave acidente automobilístico em 2008, após uma tentativa de assalto. Ficou em coma, mas com a ajuda dos seus filhos se recuperou e regressou aos ringues. Hoje leciona boxe como personal trainer. Em fevereiro deste ano concedeu entrevista ao Córner do Leão e revelou passagens da sua vida. Também obteve o cinturão brasileiro dos médio-ligeiros (69,9 kg) da Liga Paulista de Boxe no ano passado.
 
No ringue mostrou técnica acima da vista pelas novas gerações do boxe nacional, procurava combinar elegância com agressividade. O apelido Jason Voorhees é inspirado no personagem da cinessérie americana Sexta-feira 13 da qual o protagonista sempre retorna para aniquilar suas vítimas mesmo após morrer violentamente.
 
Em maio deste ano fez luta dura com o violento Carlos "Açougue" Nascimento no tradicional Baby Barioni em maio deste ano. Apesar da derrota saiu aplaudido pelos seus amigos e fãs, o local neste dia teve mais visitantes do que o habitual.

Polícia prende suspeitos pela morte de Corrie Sanders

Corrie Sanders (frente) e Wladimir Klitschko (fundo) / (foto: Reuters)


A polícia da sul-africana prendeu três suspeitos pela morte do ex-campeão mundial peso-pesado de boxe Cornelius "Corrie" Sanders, que foi morto no domingo por ladrões armados que invadiram a festa de aniversário de um sobrinho dele. Sanders tinha 46 anos.

Os suspeitos, que são oriundos do Zimbábue, terão de comparecer a um tribunal de Brits, cidade à80 km a noroeste de Johanesburgo, na segunda-feira, para responder as acusações de homicídio e assalto à mão armada.

"A polícia confiscou um telefone celular, a chave de um carro, uma bolsa e o dinheiro que eles supostamente roubaram durante o assalto e pertencia às vítimas", aponta a polícia em comunicado oficial.

Sanders foi atingido no braço e na barriga durante o assalto ocorrido em um restaurante perto de Brits onde havia a festa de aniversário. O ex-atleta foi conduzido às pressas ao hospital, porém morreu na madrugada de domingo.

Sanders conquistou o título dos peso-pesados da Organização Mundial de Boxe (OMB) em 2003 com um nocaute técnico sobre contra o ucraniano Wladimir Klitschko. Sanders, conhecido como "Sniper" (Atirador de Elite) deixa um currículo de 42 vitórias, 31 nocautes e 4 derrotas.

Não era esperada a vitória dele, e a vitória ficou marcada como um raro momento de fragilidade do europeu que hoje é o principal nome da categoria mantendo o supercinturão da Associação Mundial de Boxe (AMB), o da Federação Internacional de Boxe (FIB) e o da própria OMB.

Fonte: Terra



Vídeo original de Sky Sports

"Antes o boxe era melhor"

Roberto Durán (esq.) e Sugar Ray Leonard (dir.) / (foto: David McGough no 20º aniversário do CMB - 1983)

O lendário pugilista panamenho Roberto "Mano de Piedra" Durán, 61, garante que nem ele ou seu amigo pessoal e rival de ringue Sugar Ray Leonard, 56, dos EUA tem algo a aprender com o americano Floyd Mayweather Jr., 35, ou com o filipino Manny Pacquiao, 33, e que em sua época os nocauteariam.

"Esses boxeadores não tem o que nos ensinar. Se me colocassem com Mayweather quebraria suas costelas e braços, e como os quebraria", afirmou Durán no programa Debarte Aberto da rede televisiva Medcom do Panamá.

Durán recordou de um papo que teve tempos atrás com Leonard e este lhe disse que no período em que ambos lutavam Mayweather não chegaria nem "aos seus sapatos".

"Você pegaria Mayweather e o arrebentaria, eu pegaria Mayweather e o arrebentaria", teria dito Leonard na conversa conforme assegurou Mano de Piedra. Durán também diz que Leonard definiu Pacquiao como "outro grosso".

A lenda panamenha recordou que em sua época estavam acostumados a lutar com pugilistas como Mayweather e Pacquiao, porque tanto ele como o amigo aprenderam primeiro como amadores e logo passaram ao profissionalismo. Inclusive Durán denota que atualmente seria muito mais fácil vencer porque os boxeadores "não pensam".

Durán destacou, que neste sentido, não se pode subir no ringue e "brigar por brigar... deve pensar que se te acertaram um golpe não podem acertá-lo outra vez", e no palco o ex-pugilista demonstrou tecnicamente como se enfrenta tais pugilistas.

Mano de Piedra surpreendeu os apresentadores ao revelar que nunca imaginara "chegar tão longe" com as luvas e que seu sonho "era nada mais que comprar uma casa para sua mãe" que trabalhava passando roupas e cuidava dos filhos.

"A comprei duas" casas, apontou Durán, revelando que começou no boxe por "acaso" após acompanhar seu irmão à academia em que praticava como amador. Lembra que ele aprendia a lutar para bater em qualquer um que o desafiasse.

"Talvez me envolvi no boxe por acaso, por meu irmão, coloquei um par de luvas e outro de sapatilhas que nunca me couberam, pesava 40,4 kg", recordou Durán.

Por outro lado, Durán agradeceu a Deus por ter entrado no Hall da Fama com sede em Canastota, Nova York, nos EUA, mas agradece principalmente por estar no do México. "Agradeço à Deus por entrar no Salón de la Fama dos mexicanos, (porque) é difícil entrar", ressalta.

Durán também está no Hall da Fama de Los Angeles. Venceu 103 lutas, 70 por nocaute e teve 16 derrotas em sua jornada profissional de uma carreira que se estendeu por quatro décadas. Lutou nas categorias leve, meio-médio, médio-ligeiro e médio. Se destacou na primeira, mas em todas obteve cinturões mundiais.

No mês de outubro começam as filmagens no Panamá de sua cinebiografia Hands of Stone estrelada pelo ator mexicano Gael García Bernal e pelo americano Robert DeNiro interpretando Ray Arcel, seu falecido técnico.

Fonte: BoxeoTotal

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Jennifer Lopez nas lentes de Mario Testino


O universo da moda possui grande atração pelo glamour do boxe internacional. A cantora e atriz americana Jennifer Lopez, 43, foi clicada pelo fotógrafo de moda peruano Mario Testino, 57, para a publicação V Magazine dos EUA. 

J.Lo é uma das personalidades mais influentes do entretenimento. Testino é renomado profissional no meio tendo trabalhado com diversas marcas de grande porte e célebres reconhecidos além de possuir livros de sua arte publicados.

Via - Hamza Dabaje - Facebook

Elaine Albuquerque quer espaço no boxe feminino brasileiro


Vídeo de Esporte Campeão HD

No último sábado a superleve (63,5 kg) Elaine Albuquerque venceu Maria Teresa Gomes na Quadra do CMA, em Garanhuns, em Pernambuco, Brasil por pontos após quatro rounds. Era a estreia de ambas.

Na matéria de Carlos Burity no vídeo acima do programa alagoano Esporte Campeão é possível conhecer um pouco dessa nova personagem que treina com Rocky Jr.

Garrido será o adversário de Lino na disputa do cinturão Fedecentro da AMB

Lino (esq.) e Tyson (centro.) / (foto: reprodução)


O cruzador (90,7 kg) matogrossense Laudelino Barros, 36, disputará o vago cinturão Fedecentro da Associação Mundial de Boxe (AMB) contra o paulistano Fábio Garrido, 33, na academia Runner de Sorocaba, interior de São Paulo, Brasil, no dia 6 de outubro.

Lino (36-2-0, 30 KO's) é atual nº 4 do ranking de sua categoria da AMB e 10º da Organização Mundial de Boxe (OMB) pela qual obteve seu cinturão latino ao bater Julio Cesar dos "Santos, o "Gaspar" em junho deste ano. O pugilista foi elogiado por Mike Tyson quando treinou na casa em que ficam os pombos do atleta anos atrás e hoje representa o tradicional Clube Palmeiras de São Paulo.

Atuando pela segunda vez entre os cruzadores, o ex-meio-pesado (79,4 kg), Fábio Garrido vem de derrota na Rússia em junho quando seu córner atirou a toalha no 1º assalto dando a vitória para o local Grigory Drozd. O europeu nocauteou Lino no 8 assalto em 2007.

Em 2004, Garrido (25-3-0, 21 KO's) ficou em coma após duro combate com o compatriota Mario Soares. Fez exames e afirma estar liberado para competir. Caso vença Lino Barros representará uma grande alteração no panorama do boxe peso cruzador atual, o matogrossense pelo currículo é favorito.

O vedor da luta é Adimilson Vasconcelos da Cruz, o "Pai Lalá", presidente da Associação Nacional de Boxe (ANB) que atua com autorização da AMB em solo brasileiro. O combate também conta com trabalho da Liga Sorocabana de Boxe.

Fábio Garrido / (foto: Adriano Vizoni / Folhapress)

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Por medo de racismo Haye não quer lutar com Klitschko na Ucrânia

David Haye / (foto: divulgação)

David Haye, 32, voltou ao boxe batendo o rival Dereck Chisora em julho e se mostra ansioso para enfrentar o ucraniano Vitali Klitschko, 41 campeão mundial dos pesos pesados do Conselho Mundial de Boxe (CMB). Entretanto, o britânico não quer que a apresentação, caso aconteça, seja na Ucrânia por se sentir ameaçado pelo racismo no país.

"Nunca estive na Ucrânia, mas ouvi que é bastante perigoso para um negro. Tiveram alguns racistas malucos que já me mandaram ameaças de morte. Então, a Alemanha seria o melhor e mais seguro lugar para eu derrotar Vitali e sair vivo do estádio", defende Haye (26-2-0, 24 KO's).

Antes de se aposentar no ano passado, Haye perdeu o cinturão dos pesados da Associação Mundial de Boxe (AMB) para o irmão de Vitali, Wladimir, justamente na Alemanha, em Hamburgo, no ano passado. O país é onde os ucranianos mais lutaram e defenderam seus títulos. Wladimir é dono também das cintas da Federação Internacional de Boxe (FIB) e Organização Mundial de Boxe (OMB).

Para Haye, não importa onde será a batalha, acredita em sua vitória. O bretão vê ausência de velocidade no boxe do boxeador ucraniano que este ano concorre ao cargo de prefeito de Kiev, capital de seu país. O ex-campeão dos pesados e cruzadores (90,7 kg) também criticou o nível dos rivais anteriores dos irmãos Klitschko.

"Ele prometeu várias vezes que poderia me nocautear. Isso é ridículo. Sou muito rápido e talentoso para ser derrotado por um grande e lento robô da Ucrânia. Acho que essa luta é a única entre pesos pesados que o mundo quer ver. E não estou interessado em pegar 50 covardes como os Klitschkos fazem", desdenha.

Chávez Jr. admite uso de maconha e é multado após ser pego no antidoping

Julio César Chávez Jr. / (foto: reprodução)

Após perder a coroa dos pesos médios (72,6 kg) do Conselho Mundial de Boxe (CMB) para o argentino Sergio "Maravilla" Martínez, 37, o mexicano Julio César Chávez Jr., 26, foi flagrado na última quarta-feira no exame antidoping, que identificou maconha em seu sangue. No sábado, o ex-campeão mundial admitiu o uso da droga social, a substância não é tida como capaz de melhorar o rendimento do atleta.

Por meio de carta publicada em sua conta em uma rede social e reproduzida pela imprensa mexicana, o lutador pediu desculpas e afirmou que assume "plenamente a responsabilidade de seus atos, assim como as consequências por eles". E ainda admitiu que "qualquer explicação ou justificativa que tente dar será pouco ou nada convincente".

"Quero me desculpar com todas aquelas pessoas que se sintam decepcionadas ou afetadas pelo meu comportamento. Só eu sei as causas e só eu posso enfrentá-las", disse o lutador no texto.

Filho da lenda do boxe Julio César Chavez, o jovem garantiu que o incidente vai servir para um reinicio de sua vida.

"Hoje nasce um novo Julio César Chávez. Começa uma etapa em minha carreira que a redimensionará. Me prepararei física e mentalmente para alcançar novos objetivos, entre os quais, de cara, a revanche com Sergio Martínez".

JC Chávez Jr. será multado

O presidente do CMB, José Sulaimán, garantiu que não irá suspender o pugilista, para ele essa decisão "não iria ajudá-lo". "Como presidente do CMB, entrei em contato com meus companheiros do Conselho de Governo e votamos uma multa de dez mil dólares, que será concedida a uma instituição hospitalar que cuida de crianças com câncer", destacou o cartola.

Sulaimán ainda destacou que o atleta vai poder lutar pelo cinturão do CMB sem problema algum. "Vamos pedir a Julio para que procure uma clínica de reabilitação. Ao reconhecer que ele está participando desta instituição, o CMB abrirá as portas para que Julio possa competir pelo título que foi dele", explicou.

É a segunda vez que o boxeador mexicano se envolve em um caso do tipo. Em 2009, teve problemas com diuréticos e ficou suspenso por 7 meses e a luta com o americano Troy Rowland declarada "Sem Decisão" (No Contest).

Keith Kieser, diretor executivo da Comissão Atlética do estado de Nevada, não pronunciou qual será a punição para Chávez Jr. (46-1-1, 32 KO's), mas ele pode ter sua licença suspensa ou perder parte ou até mesmo o total da bolsa faturou diante de Martínez, valor de cerca de US$ 3 milhões.

Isaac Rodrigues e Ulysses Pereira voltam aos ringues juntos visando latino OMB



Divulgação


Isaac Rodrigues, 27, vem de duas derrotas nos EUA. Sua carreira iniciou na meca do polo do pugilismo em 2007 tendo como ápice a vitória sobre o ex-participante do reality show americano The Contender Brian Vera dos EUA em 2010.

O atleta paraense em entrevista de março deste ano explicou ao Córner do Leão como foi sua experiência no exterior e já falava de um possível retorno. A volta aos ringues se dará com seu tio e também treinador Ulysses Pereira, o mesmo atua no córner do tetracampeão Popó. Rodrigues fará no dia 29 deste mês luta preparatória para o cinturão latino da Organização Mundial de Boxe (OMB) dos médios (72,6 kg).

Como é voltar a trabalhar com Ulysses Pereira?

Voltar a trabalha com Ulysses Pereira é muito bom, a gente se entende muito bem, existe uma confiança muito grande de ambas as partes e ele não é apenas meu treinador, pra quem não sabe ele é meu tio também.

Acredita que voltará ao mercado internacional?

Com certeza, meu objetivo é esse depois dessa luta espero fazer um outro combate internacional pra entrar de vez no mercado, podem esperar. Isaac Rodrigues tá de volta.

Brian Vera venceu recentemente Sergio Mora. Pensa em enfrentar algum destes dois, sendo que você já bateu Vera?

Não sabia que eles tinham se enfrentado. Que bom que o Vera ganhou. Gostaria de lutar com Mora já que o Vera eu já tive a oportunidade de enfrentar.

O que falta para o boxe ter tantos fãs no Brasil como o MMA?

É simples, todo esporte vive de ídolos e no momento o boxe está sem ídolo e o MMA tem vários ídolos, quando surgir um novo campeão mundial de boxe brasuca pode ter certeza que o boxe vai ter muitos fãs...


Serviço

Data: 29/09/2012
Local: Academia Ulysses Pereira.
Doca, 320, Reduto (ao lado da Unimed Belém)
Ingressos: R$ 10,00
Informações: (091) 3347-7029

Felipe Pedroso bate Cedenir Apestegui no Rio Grande do Sul

Pai Lalá (esq.), Felipe Pedroso (centro) / (foto: divulgação)

O gaúcho Felipe "Nego Loro" Pedroso bateu o conterrâneo Cedenir Apestegui por nocaute no 3º round em luta na categoria dos pesos médios (72,6 kg) no Ginásio Municipal de Cruz Alta, no Rio Grande do Sul, Brasil, no sábado (22/09).

Pedroso (2-0-0, 1 KO) com um cruzado de direita encerra as atividades de Apestegui (6-6-0, 1 KO) que sofre seu segundo nocaute consecutivo no ringue. A luta é anunciada por título gaúcho, da Federação de Boxe do Rio Grande do Sul afiliada à Associação Nacional de Boxe.

O evento foi promovido por Rodrigo Ribeiro e contou com a presença do dirigente Adimilson Vasconcelos da Cruz, o "Pai Lalá", responsável pela ANB, entidade sem vínculos com a Confederação Brasileira de Boxe (CBBoxe), assim como a Federação que supervisionou o título.

Tanto a ANB quanto a Federação de Boxe do Rio Grande do Sul são reconhecidas pelas leis nacionais.



Vídeo de Patricia Scheffer da Silveira

Giovani Andrade vence Severo em Brasília

Giovanni Andrade / (foto: reprodução)

Conforme o site internacional de cartéis de pugilista profissionais, o veterano baiano radicado em São Paulo, Giovanni Andrade, 42, nocauteou no 11º assalto o novato Luis Alberto Severo em disputa de supergalos (55,3 kg) realizada em Brasília, Distrito Federal, no Brasil.

Andrade (63-13-0, 51 KO's) começou a boxear profissionalmente em 1993, esteve nos ringues com nomes como Guillermo Rigondeaux, Juan Manuel Lopez, Takalani Ndlovu e Volodymyr Sydorenko, enquanto Severo (1-7-0, 1 KO) só venceu apenas uma contenda.

Estreia de Elaine Albuquerque e Maria Tereza Gomes

O BoxRec também aponta para a estreia das pugilistas peso superleve (63,5 kg) Elaine Albuquerque e Maria Teresa Gomes, no sábado, na Quadra do CMA, em Garanhuns - cidade do Presidente Lula, em Pernambuco, Brasil. Albuquerque venceu por pontos em decisão unânime após quatro rounds.

Fonte: Boxrec

Nota do Editor: Caso alguém possua tais vídeos por favor entrar em contato. Caso os lutadores queiram emitir opinião este espaço está aberto.

Rose Volante é 10ª do ranking mundial da AIBA de meio-médio ligeiros

Rose Volante / (foto: reprodução)

Rosilaine "Rose" Volante Silva, está como 10ª na qualificação geral da AIBA (Associação Internacional de Boxe Amador) na categoria meio-médio ligeiro (64 kg). Atleta formada pelo professor Tony Boxe atuou com a seleção nacional este ano e esteve no mundial de Qinhunangdao, na China.

Em entrevista ao Córner do Leão, Rose Volante fala de sua atuação na China, a ausência de sua categoria na estreia do boxe feminino em Olimpíadas, o ranqueamento e os planos futuros.

Como foi seu combate com a norte coreana Ok Pak Young no Mundial deste ano?

Eu venci o primeiro round, mas ela estava bem orientada pelo seu córner e mudou o jogo se movimentando bem, o que me impossibilitou de achar ela na luta.

O que sentiu ao saber que não iria aos Jogos de Londres 2012?

Essas Olimpíadas de Londres por ser estréia do boxe feminino só poderiam levar as 3 categorias 51 kg, 60 kg, 75 kg se fossem as demais como a 64 kg eu pelo fato de ter perdido para a atual campeã poderia ter conseguido a vaga também. Vamos torcer para na próxima ser aprovado e levar todas as categorias, então irei batalhar para estar dentro e poder participar, apesar que estar entre as meninas ajudando nos treinos e sparrings me auxiliou muito e fiquei mesmo feliz pela conquista tanto que espero um olhar maior para o boxe feminino.

A AIBA a aponta como 10º de seu ranking. O que pensa desta classificação?

Se for ver pelo fato de eu ter começado a treinar em 2008 na intenção de perder peso, e após perder 40 quilos estar em um ranking mundial é motivo de grande alegria, mas estou treinando duro e se eu for chamada para o Pan-americano e competições internacionais darei meu máximo para estar entre as primeiras.

É possível subir mais degraus?

Esse ranking mundial é feito através das competições internacionais, se eu for convocada para as próximas competições internacionais farei meu melhor como tenho feito e tenho fé que subirei sim, pois para Deus não há impossível.

domingo, 23 de setembro de 2012

Clínica de boxe com Sidnei Dal Rovere

Divulgação

O professor de boxe Sidnei Dal Rovere participará do seminário Meeting de MMA concedendo uma clínica de boxe de 4 horas de duração no dia 25 de novembro. Figura de autoridade no boxe nacional, é comentarista da modalidade, foi atleta amador e disputou o cinturão mundial super-penas diante do sul-africano Azumah Nelson, hoje membro do Hall da Fama do Boxe, em 1988.

A iniciativa mostra que boxe e MMA podem conviver juntos e uma nova geração de atletas tem muito à aprender com quem brilhou no passado e está disposto à ensinar. Dal Rovere teve como mentores Antonio Angelo Carollo, Felipe Cambeiro e Aristides "Kid" Jofre, este pai e técnico de Éder Jofre, o maior peso galo da história.

Peter Venâncio mostra elegância na noite paulistana

 Peter Venâncio / (foto: arquivo pessoal)



O veterano Peter Venâncio, 48, voltou para uma apresentação de boxe diante do também brasileiro Ruy da Glória, 38, vencendo-o em combate de 4 assaltos realizado na madrugada de hoje no Club Homs na capital de São Paulo, Brasil, no evento Balada Fight de Moises Gibi.

Combate realizado na categoria dos cruzadores (90,7 kg) terminou por decisão unânime dos jurados tendo em vista o boxe elegante apresentado por Venâncio sobre o resistente Da Glória (14-16-1, 11 KO's). "O Ruy valorizou minha vitória", aponta Venâncio sobre o duro rival que foi alvo de alto volume de golpes.

Venâncio disputou os Jogos Olímpicos de Séul em 1988 e o cinturão dos médios (72,6 kg) em 1997 diante do campeão William Joppy dos EUA pelo trono da Associação Mundial de Boxe (AMB) e tem o respeito de críticos e fãs, sendo considerado "um rei sem coroa", alguém que não fosse os jogos de bastidores do boxe seria campeão mundial. Deixa um currículo de 48 vitórias, 36 por nocaute, 12 derrotas e um empate.

"Não pretendo voltar efetivamente, foi uma demonstração de boxe para fãs antigos, alunos e uma nova geração", destaca o professor de pugilismo que leciona na Academia Oficina no centro de São Paulo. "Me senti feliz e satisfeito por relembrar momentos ainda mais num evento de grande porte".


Vídeo de Patrícia Nascimento

Irma Sánchez mantém coroa sobre Carina Moreno

Carina Moreno (esq.) e Irma Sánchez (dir.) / (foto: Divulgação)


A mexicana Irma "La Güerita" Sánchez, 24, venceu por decisão majoritária nos pontos a americana Carina Moreno, 30, ontem no Unidad Deportiva Norte, cidade de Cortázar, estado de Guanajuato, no México em combate de pesos mosca (50,8 kg).

O combate foi disputado e Sánchez (25-5-1, 7 KO's) teve trabalho nos 10 assaltos e levou nos pontos, alguns membros da plateia acreditavam que Moreno (22-5-0, 6 KO's) a derrotaria e se decepcionaram com as papeletas conforme o site Televisa Deportes do México. Entretanto, o boxe de ambas é elogiado no mesmo veículo de comunicação.

Irma jogou com sequências de direita e esquerda no rosto da desafiante, enquanto a americana por sua vez pegou pesado com a lutadora anfitriã. Duas papeletas deram Sánchez por 96-94 e 97-93, enquanto outro deu empate por 97-97. Com a vitória Sánchez manteve a cinta da WBF (World Boxing Federation - Federação Mundial de Boxe), entidade em ascensão.

Fonte: Televisa Deportes

Corrie Sanders morre após ser baleado em assalto

Corrie Sanders / (foto: reprodução)

Morreu na noite de sábado o sul-africano Corrie Sanders após ser baleado no estômago em assalto à um restaurante de Brits. O ex-lutador foi encaminhado ao hospital ainda com vida e passou por cirurgia, porém não resistiu aos ferimentos.

Sanders ganhou o mundo quando bateu por nocaute técnico no 2º assalto o ucraniano Wladimir Klitschko em 2003 lhe tirando o cinturão mundial dos pesados da Organização Mundial de Boxe (OMB) após dominá-lo e obter um resultado inesperado pelos críticos e fãs.

Via Victor Haygert - Facebook


"La Joya" Chaves com facilidade garante cinturão

Diego Chaves / (foto: reprodução)

O argentino Diego "La Joya" Chaves, 26, manteve sua cinta interina dos meio-médios (66,7 kg) da Associação Mundial de Boxe (AMB) com um nocaute técnico no 2º assalto sobre o panamenho José Miranda, 32, no famoso Luna Park, em Buenos Aires, Argentina.

Chaves (22-0-0, 18 KO's) levou Miranda (12-12-3, 8 KO's) ao solo em duas oportunidades o que levou o árbitro Roberto Ramirez à interromper o combate. Pelos cartéis Chaves já podia ser visto como franco favorito.

Outros resultados do Luna Park:

O meio-pesado (79,4 kg) Roberto Bolonti nocauteou no 8º giro José Alberto Clavero
O médio (72,6 kg) Jorge Sebastian Heiland venceu nos pontos Mateo Damian Verón

Fontes: Fight News e BoxRec

JC Sánchez Jr. e Jorge Arce vencem no México

Juan Carlos Sánchez Jr. / (foto: reprodução)

O campeão mundial super-mosca (52,2 kg) da Federação Internacional de Boxe (FIB) Juan Carlos "Zurdito" Sánchez Jr., 21, manteve seu reinado com um nocaute no 9º assalto sobre o filipino Rodel Mayol, 31, ontem no Gimnasio Polifuncional in Los Mochis, estado de Sinaloa, no México.

Sánchez (15-1-1, 8 KO's) dominou amplamente a partir o 7º assalto e quase derrubou Mayol (31-6-2, 22 KO's) no 8º giro o finalizando no seguinte. Mayol recebeu contagem do árbitro Allen Huggins aos 2 minutos e 25 segundos da etapa.

Na preliminar o ex-campeão em diversas categorias Jorge "El Travieso" Arce, 33, do México foi amplamente superior ao panamenho Maurício Martínez, 38, que tem o curioso apelido de "Cry Baby" (Bebê Chorão) em duelo na categoria dos penas (57,2 kg).

Arce (64-6-2, 46 KO's) estava com muita vontade de um combate violento, como gosta, mas o ex-campeão mundial Martínez não quis se expor. A vitória foi por decisão unânime ao mexicano por 99-90 duplo e 97-92.

Fonte: Fight News


2012-09-23 Juan Carlos Sanchez Jr vs Rodel Mayol por sweetboxing3


2012-09-23 Jorge Arce vs Mauricio Martinez por sweetboxing3

El Diablo Wlodarczyk mantém cinto em revanche parelha com Palacios



Krzysztof Wlodarczyk (esq.) e Francisco Palacios (dir.) / (foto: Arkadiusz Wojtasiewicz / Ag)

O polonês Krzysztof "El Diablo" Wlodarczyk, 31, encontrou rival duro no porto-riquenho Francisco "O Mago" Palacios, 35, que o desafiou pelo seu cinturão cruzador (90,7 kg) do Conselho Mundial de Boxe (CMB), mas conseguiu mantê-lo por pontos na noite de ontem no Hala Stulecia de Varsóvia, na Polônia.

A luta foi revanche de 2011, quando Wlodarczyk (47-2-1, 33 KO's) deixou o ringue com vitória por decisão dividida, mas desta vez foi mais preciso e teve momentos de superioridade como o 10º round se mostrando mais presente que Palacios (21-2-0, 13 KO's).

O embate foi parelho, e até o quarto assalto estava empatado, o CMB revela as papeletas durante a luta, já no 8º a vantagem foi pro campeão, de forma dividida. Palacios tentou tirar o atraso, mas se expôs com seu impeto e foi balançado com uma esquerda no 10º giro.

Isto abriu espaço para El Diablo crescer no 11º giro. Mas no 12º assalto foi o mais empolgante com ambos partindo para o "tudo ou nada na mesa de apostas" e trocando francamente. Os jurados deram vitória para o polonês por 116-112 duplo e 117-112.

"Francisco você é um lutador muito bom e forte, muito obrigado", declarou Wlodarczyk após o embate. É a quarta defesa do polonês desde que tirou a cinta do italiano Giacobbe Fragomeni por nocaute em 2010.

Fonte: Boxing Scene


2012-09-22 Krzysztof Wlodarczyk vs Francisco... por sweetboxing3

Burns atropela Mitchell e mantém coroa dos leves OMB

Kevin Mitchell (esq.) e Ricky Burns (dir.) / (foto: Getty Images)



Burns Baby Burns, Mitchell's Inferno!


O escocês Ricky Burns, 29, foi soberano em seu clássico do Reino Unido com o britânico Kevin Mitchell, 27, na defesa de seu cinturão leve (61,2 kg) da Organização Mundial de Boxe (OMB) obtendo um nocaute técnico no 4º round ontem no Scottish Exhibition Centre de Glasgow, na Escócia.

Burns (35-2-0, 10 KO's) entrou de peito aberto na "troca de bala" com Mitchell (33-2-0, 24 KO's), mas no 2º assalto foi mais inteligente e preciso, derrubando o rival duas vezes no 4º giro até que o britânico se levantou e foi vítima de mais golpes até o árbitro Terry O'Connor interromper o embate com 2 minutos e 59 segundos da etapa.




2012-09-22 Ricky Burns vs Kevin Mitchell por sweetboxing3

Braekhus bate Sophie Mathis e mantém tripla coroa

Cecilia Braekhus e Anne Sophie Mathis / (foto: Bendiksby)

A colombiana radicada norueguesa Cecilia Braekhus, 30, bateu por decisão unânime nos pontos a francesa Anne-Sophie Mathis, 35, ontem no Arena Nord, cidade de Frederikshavn, na Dinamarca e conservou os cinturões unificados da Associação Mundial de Boxe (AMB), Conselho Mundial de Boxe (CMB) e Organização Mundial de Boxe (OMB) dos meio-médios (66,6 kg).

Braekhus (21-0-0, 5 KO's) demonstrou com habilidade porque é chamada de "Primeira Dama", controlando o embate com técnica sobre a mais forte Mathis (26-3-0, 22 KO's), esta é sua 11º defesa consecutiva. Já a francesa sofre sua segunda derrota na sequência. As papeletas deram triplo 97-93 para a colombiana.

Numa das preliminares o ex-participante do reality show americano The Contender, o médio-ligeiro (69,9 kg) libanês radicado na Dinamarca Ahmed Kaddour (26-2-1, 10 KO's) bateu o britânico Max Maxwell (16-12-3, 3 KO's) e mantém em sua mira os colegas do programa Ishe Smith dos EUA e o mexicano Alfonso Gomez.

Fonte: BoxingScene


sábado, 22 de setembro de 2012

Persoon bate McGowan e fatura cinturão peso leve da FIB

Delfine Persoon / (foto: oshinderieuw.be)

A belga Delfine Persoon, 27, bateu a australiana Erin McGowan, 31, ontem por nocaute técnico no 7º assalto na Lotto Arena, na capital do estado de Antwerpen de mesmo nome, na Bélgica. Com a vitória a europeia conquistou o até então vago cinturão dos leves (61,2 kg) da Federação Internacional de Boxe (FIB).

McGowan bateu pesado, mas Persoon foi mais rápida em suas ações. No 7º assalto a visitante estava na lona com a europeia indo para cima e o árbitro Adrio Zannoni interrompeu a luta com 1 minuto e 78 segundos da etapa.

Fonte: Boxing Scene

Rosado esculacha Whittaker e desafiará Bundrage ou Berto

Gabriel Rosado / (Foto: Gregory Payan - AP)

O médio-ligeiro (69,9 kg) Gabriel Rosado, 26, dos EUA bateu de forma violenta Charles Whittaker, 38, das Ilhas Cayman, mas residente nos EUA por nocaute técnico no 10º assalto ontem no Sands Casino Resort, em Bethlehem, em Pensilvânia, nos EUA.

Conforme o site Bad Left Hook, Rosado (21-5-0, 13 KO's) começou devagar o round inicial e foi o único assalto que a vantagem foi de Whittaker (38-13-2, 23 KO's). Rosado derrubou o rival pela 1ª vez no 5º giro, mas foi com tudo para finalizar a jogada e foi vítima de duro golpe que o deixou abalado pelo final da etapa e pelo 6º round todo.

Ao se recuperar Rosado dominou o ringue e esculachou de vez Whittaker. Agora espera o resultado da defesa de título realizada pelo americano Cornelius "K9" Bundrage contra o compatriota Andre Berto que fará nesta luta seu retorno após ser pego no exame antidoping em maio.

Fonte: Bad Left Hook

Romero supera Esquivias e se aproxima de Donaire

Efrain Esquivias Jr. (esq.) e Jonathan Romero (dir.) / (foto: Tom Casino / Showtime)

O supergalo (55,3 kg) colombiano Jonathan Romero, 25, superou nos pontos o americano Efrain Esquivias Jr., 29, ontem no Chumash Casino, em Santa Ynez, na Califórnia, nos EUA e com isso conseguiu o 2º lugar no ranking da Federação Internacional de Boxe (FIB).

As papeletas acusaram 119-108 duplo e 120-107 para Romero (22-0-0, 12 KO's) que segue invicto. O embate com Esquivias Jr. (16-2-0, 9 KO's) foi de 10 assaltos. O campeão da FIB na categoria é o filipino Nonito Donaire, o "Flash Filipino".

Fonte: FightNews

Éder Jofre mostra em videoclipe que está em forma aos 76 anos

Éder Jofre / (foto: Lestics)


No videoclipe da banda paulistana Lestics, Éder Jofre, 76, demonstra que ainda está em forma colocando os movimentos aprendidos com seu pai o falecido Kid Jofre gravados imagens plásticas fazendo um paralelo com a preparação da banda em "O Baile".

O Galo de Ouro mantém a forma física com sua rotina de exércicios de pugilismo. Éder aprendeu a "bailar" nos ringues com seu tio Ralph Zumbano, "o bailarino". A elegância de seus movimentos colabora com a estética da produção da banda de indie/folk. A canção está no álbum "A História Universal do Esquecimento".

Éder ainda não é tão lembrado quanto deveria no seu próprio país, enquanto em outros é lenda, tanto que foi eleito pela Ring Magazine, o melhor pugilista dos anos 1960 à frente de nomes como Muhammad Ali e Joe Frazier.

"Os arranjos reafirmam a naturalidade com que o Lestics passeia pela simplicidade do pop, pelas poderosas narrativas do folk e pelo vigor que uma boa canção de rock pode trazer", destaca Guilherme Bacciotti do blog Arte Nobre Arte que destacou o clipe lançado em agosto no Youtube.



Vídeo de Lestics

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Rodada do Fim de semana

Roupa de luta de Zumbano Love / (foto: arquivo pessoal)

Hoje a australiana Erin McGowan (14-1-0, 7 KO's) é recebida pela belga Delfine Persoon (19-1-0, 7 KO's) na Lotto Arena, de Antwerpen, em estado do mesmo nome da cidade na Bélgica, para disputar o cinturão vago peso leve (61,2  kg) da Federação Internacional de Boxe (FIB).

No Chumash Casino, de Santa Ynez, na Califórnia, nos EUA, Efrain Esquivias (16-1-0, 9 KO's) peita o também americano Jhonatan Romero (21-0-0, 12 KO's) em eliminatória pela segunda vaga para desafiar o campeão supergalo (55,3 kg) da FIB, o filipino Nonito Donaire.

O americano Charles Whittaker (38-12-2, 23 KO's) colide com o compatriota Gabriel Rosado (20-5-0, 12 KO's) em eliminatória pelo cinturão dos médio-ligeiros (69,9 kg) da FIB, Lamont Peterson também dos EUA. O embate será no Sands Casino Resort, em Bethlehem, no estado de Pensilvânia, nos EUA.

No sábado, no tradicional Luna Park, na província de Buenos Aires na Argentina, o campeão interino dos meio-médios (66,7 kg) da Associação Mundial de Boxe (AMB), o local Diego "La Hoya" Chaves (21-0-0, 17 KO's) encara o regular José Miranda (12-11-3, 8 KO's) do Panamá.

De 2004 à 2011, Miranda fez 11 lutas, venceu uma, empatou outra e perdeu as outras nove, mas já bateu Roinet Caballero, hoje campeão mundial peso pena, e vem de vitória sobre o compatriota William González.

No mesmo evento se apresentará Jorge Sebastian Heiland (19-3-2, 9 KO's) que fará um duelo de hermanos com Mateo Damian Verón (13-7-2, 1 KO) na divisão dos médios (72,6 kg).

No Brasil, o Ginásio Esportivo Municipal de Brasília, no Distrito Federal tem marcado pelo BoxRec encontro entre os supergalos (55,3 kg) brasileiros Giovanni Andrade (62-13-0, 50 KO's) contra Luis Alberto Severo (1-6-0, 1 KO). Giovanni já esteve em mais de 70 combates, enquanto Severo pelo Boxrec segue para seu 7º.

Na mesma rodada Joselito "Tatuado" dos Santos (6-4-0, 6 KO's) luta com o experiente peso médio (72,6 kg) argentino Omar Gabriel Weis (40-11-4, 17 KO's).

No Ginásio Municipal de Cruz Alta, Rio Grande do Sul, no Brasil, o debutante Felipe Pedroso peita Cedenir Apestegui (6-5-0, 1 KO) que vem de derrota no 3º round para Leandro Pinto.

O BoxRec aponta como marcada em São Paulo capital, no Brasil, o embate entre os cruzadores (90,7 kg) Gilberto Matheus Domingos (18-1-0, 16 KO's) e Angelo "Negão" Marcos dos Santos (8-0-0, 7 KO's). O mesmo evento ainda terá o leve Isaias Santos Sampaio (8-4-0, 8 KO's), o meio-pesado Marcelo Tavares (3-0-0, 3 KO's) e o pesado Leonardo de Moura (4-6-0, 4 KO's) contra rivais não divulgados no site.

No Arena Nord de Frederikshavn, na Dinamarca o médio-ligeiro e ex-participante do reality show The Contender Ahmed Kaddour (25-2-1, 10 KO's) libanês radicado no país enfrenta Max Maxwell (16-11-3, 3 KO's) nascido na Jamaica e residente no Reino Unido.

A colombiana-norueguesa Cecilia Braekhus (20-0-0, 5 KO's) coloca suas cintas do Conselho Mundial do Boxe (CMB), Associação Mundial de Boxe (AMB) e Organização Mundial de Boxe (OMB) peso meio-médio (66,7 kg) na pista pra jogo com a francesa Anne Sophie Mathis (26-2-0, 22 KO's).

A peso mosca (50,8 kg) mexicana Irma Sánchez (24-5-1, 7 KO's) recebe a desafiante americana Carina Moreno (22-4-0, 6 KO's) no Unidad Deportiva Norte, cidade de Cortázar, estado de Guanajuato, no México, em defesa do cinturão mundial da World Boxing Federation (WBF - Federação Mundial de Boxe) - entidade em ascensão -.

O ex-campeão mundial Jorge "El Travieso" Arce (60-6-2, 46 KO's) do México luta no mesmo evento como supergalo (55,3 kg) o panamenho Maurício Martínez (36-12-1, 24 KO's).

O pesado Raphael Zumbano "Love" (32-5-1, 25 KO's) defende as cores do Brasil e o nome do clã Zumbano-Jofre diante do sérvio Jovo Pudar (28-3-0, 16 KO's) em Montenegro, no Hala Sportova Niksic. Love busca vingar o compatriota Marcelo "Martelo" Nascimento sobre o qual Pudar teve sua última vitória.

O "El Diablo" polonês Krzysztof Wlodarczyk (46-2-1, 33 KO's) defenderá sua coroa dos cruzadores (90,7 kg) do Conselho Mundial de Boxe (CMB) no Hala Stulecia, de Wroclaw, em seu país diante de Francisco Palacios (21-1-0, 13 KO's) de Porto Rico. A luta é uma revanche de 2011 quando El Diablo venceu o latino por decisão dividida.

No Centro de Exibição Escocês (Scottish Exhibition Centre), na cidade de Glasgow, na Escócia, o nativo Ricky Burns (34-2-0, 9 KO's) defenderá seu trono dos leves da OMB diante de Kevin Mitchell (33-1-0, 24 KO'S) da Inglaterra, em um clássico do Reino Unido.


Fonte: Boxrec

"Yesica (Bopp) tem tudo a perder e eu tudo a ganhar"

Marisol Miranda / (foto: arquivo pessoal)


Marisol Miranda tem palavras tão duras e fortes quanto uppercuts e ganchos. No dia 27 de setembro a porto-riquenha desafia a argentina campeã peso mosca da Organização Mundial de Boxe (OMB) Yesica Bopp.

Bopp (21-0-0, 9 KO's) lutará em solo porto-riquenho, poucas vezes lutou fora da República Platina. Miranda (5-4-0, 1 KO) aponta que apesar das poucas lutas se vê pronta para o desafio, principalmente por ter desenvolvido um trabalho nos EUA com a treinadora Bonnie Canino.


Como está sua preparação para encarar Yesica Bopp?

Eu tenho uma das melhores treinadoras do mundo que também é ex-campeã mundial, Bonnie Canino e conto com ajuda da campeã mundial Ria Ramnarine como parceira de treinos e outros pugilistas de ponta que me ajudam neste grande trabalho.

O que pode dizer do estilo de boxear dela?

Eu já vi vídeos dela e me parece que ela gosta de boxear ao invés de lutar, mas você nunca pode se basear totalmente porque todo mundo tem estilos diferentes variando o oponente e no boxe não se pode dizer em qual nível de intensidade isto será feito.

Eu preciso me ajustar no momento certo para colocar meu forte no ringue. Eu assisti alguns erros que ela comete e estou de olho no que ela tem de bom também. Eu considero o estilo dela elegante. Ela não parece castigar muito suas desafiantes no ringue.

"Eu serei impiedosa com ela"

Você tem 9 lutas como profissional, enquanto ela possui 21 com nenhuma derrota. Você considera que aceitou este desafio cedo demais?

Bem... Parece que o país dela lhe dá oportunidades de promover muitas de suas lutas e ela faz 4 a 5 combates por ano. Quantos desses embates foram com desafiantes de alto nível? Quantos não foram preteridos em favorecimento dela? E em quantas ela não foi beneficiada sobre outras? Enquanto outras como eu esperam as oportunidades chegarem. Eu não a desvalorizo porque é necessário muito para subir neste ringue e sair com 21-0 no cartel e ser campeão. Meu cartel não pode mostrar muito, mas estou nesse jogo há 10 anos, e posso até não ter tanta experiência de ringue, mas eu tenho a melhor equipe a minha volta e muitas lutas em academias que não foram contabilizadas.

Não, eu não aceitei esta luta prematuramente. Eu não a aceitei ano passado para ter mais experiência, e veio bater na minha porta novamente. Yesica tem tudo a perder e eu tudo a ganhar.

Como você espera surpreender Bopp?

Mostrar a ela que eu tenho como tirar tudo dela. Ter certeza que não deixarei na decisão dos jurados ou dúvidas nas cabeças das pessoas. Ao menos que seja uma armação com jogo e jurados sujos. Eu terei uma resposta a ela em tudo que ela mandar para mim. Eu serei impiedosa com ela.

Ela vai lutar no território dela. Acha que isto pode alterar as papeletas se for pros jurados decidirem?

A promoção do evento é do pessoal dela, mas é meu território, é minha casa, Porto Rico, e não dela. Eu sei que tenho de tirar isto (cinturão) do campeão e me preparei todos os dias possiveis para esta batalha com Bopp para conquistar o cinturão mundial dos moscas da OMB. Espero que tenha uma avaliação honesta pelos jurados.

Foi o treino mais duro pelo qual já passei em toda minha vida.

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Muhammad Dalí

Fotomontagem

Namús e Bonassoli colidem no Uruguai

Chris Namús / (foto: divulgação)

A uruguaia Chris Namús, 24, e a brasileira Michelle Bonassoli, 25, tinham combate marcado para 1º de setembro no Uruguai, o mesmo foi remarcado para dia 8 de dezembro na categoria dos médio-ligeiros (69.9 kg).

Namús (17-3-0, 7 KO's) cresceu muito como pugilista após os dois embates com a argentina Fernanda "La Camionera" Alegre, ambos pelo cinturão médio-ligeiro da Organização Mundial de Boxe (OMB) da Argentina. Parcela respeitável dos jornalistas portenhos consideraram Namús a vencedora do segundo encontro.

A brasileira Bonassoli (11-6-0, 10 KO's) fez boa luta contra a campeã do Conselho Mundial de Boxe (CMB) Monica "La Gata" Acosta da Argentina ano passado, o embate foi na província de Buenos Aires, casa da rival. A paranaense lutou até os rounds finais. Também tem passagem pelo muay thai, modalidade que tem núcleo respeitado no Paraná, de onde é oriunda. Até hoje nenhuma brasileira superou Namús, e Bonassoli quer ser a primeira.



Vídeo da rotina de treinos de George Arias

Vídeo de Diego Lopes

Campeão brasileiro, versões Confederação Brasileira de Boxe (CBBoxe) e Conselho Nacional de Boxe (CNB), e sul-americano, o peso pesado George Arias, 38, é considerado pela crítica especializada o melhor de sua categoria em território nacional na atualidade e também um dos melhores, se não o melhor, na América do Sul.

Reconhecido pelo seu sistema defensivo trabalhado extensivamente com seu pai Santo Arias, George (51-11, 4, 37 KO's) tem carreira longeva. Um pouco do trabalho de pai e filho é mostrado no vídeo acima.

Martínez passará por cirurgia no joelho direito

Sergio Martínez (esq.) e Julio César Chávez Jr. (dir.) / (foto: Chris Farina / Top Rank)

O campeão dos médios (72,6 kg) do Conselho Mundial de Boxe (CMB), o argentino Sergio "Maravilla" Martínez, 37, passará por uma cirurgia no joelho direito na próxima semana por conta do rompimento sofrido na vitória sobre o ex-campeão, o mexicano Julio César Chávez Jr. no sábado passado em Las Vegas, conforme contou o promotor de lutas Lou Di Bella do Reino Unido à ESPN americana.

Martínez (50-2-2, 28 KO's) também está com a mão esquerda quebrada, a lesão ocorreu no quarto assalto e sua "ferramenta de trabalho" está engessada. O platino também precisou de cinco pontos para fechar o corte sobre seu olho esquerdo assim como tiveram de fechar um corte em seu escalpo.

Chávez (46-1-1, 32 KO's) foi dominado por quase todo o combate, conseguiu uma queda no último assalto, Maravilla Martínez se levantou, pois conforme seu empresário não aceitaria perder de tal forma e o fez pelos "milhões de argentinos no mundo".

Uma revanche está fora de cogitação, Chávez Jr. testou positivo no exame antidoping para maconha e deve receber uma suspensão de um ano. O grupo de Maravilla tem previsão de voltar aos ringues em maio e esperam atrair o americano Floyd Mayweather Jr., peso médio-ligeiro (69,9 kg) para um combate.

Fujimoto surpreende Welliver

Kyotaro Fujimoto e Chauncy Welliver / (foto: divulgação)

O novato peso pesado japonês Kyotaro Fujimoto, 26, bateu o nº 15 do ranking do Conselho Mundial de Boxe (CMB) ontem o americano radicado australiano Chauncy Welliver, 29, por pontos em decisão unânime em combate de dez rounds feito no Korakuen Hall, em Tóquio, Japão.

Fujimoto (5-0-0, 3 KO's) antes lutava no torneio de artes marciais K-1 que recebe lutadores que aplicam golpes de contusão, mas não agarradas e arremessos, no boxe entrou dezembro passado. Welliver (53-7-5, 20 KO's) é mais experiente, porém um tanto "gordito", e a forma física menos desenvolvida lhe prejudicou no embate, o asiático focou em sua região abdominal.

Por outro lado, Welliver pega mais pesado e quase colocou o japonês de joelhos no 9º assalto que adotou uma tática de "bater e sair". Para o Fight News, o americano não colocou no ringue tudo que sabe, mas Fujimoto surpreendeu.

Fonte: FightNews


2012-09-19 Kyotaro Fujimoto vs Chauncy Welliver por sweetboxing3